Thiago Maia agarra chance como titular, lidera desarmes e domina meio-campo em Flamengo x Grêmio

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Por: Higor Neves

O Flamengo enfrentou o Grêmio na noite da última quarta-feira (15), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Por ter vencido por 4 a 0 no primeiro embate, o Rubro-Negro se deu ao luxo de usar equipe mista e, ainda assim, conseguiu um novo triunfo, desta vez por 2 a 0. Dentre os jogadores que receberam oportunidade, esteve Thiago Maia. O camisa 8 assumiu a vaga de primeiro volante e fez jus à responsabilidade, liderando os desarmes no duelo.

Atuando até os 35 minutos do segundo tempo, Thiago mostrou ritmo de jogo e boa condição física para dominar o setor. Ao todo, ele roubou a bola dos pés de adversários por cinco vezes. Pelo Flamengo, o mais próximo dele foi Andreas Pereira, com três, segundo dados do Footstats. Além disso, o volante também liderou as interceptações, realizando duas enquanto esteve em campo. Vale destacar que, mesmo focado na defesa, o jogador cometeu apenas uma falta na partida, demonstrando classe e recursos para se impor sobre os adversários.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


 

Apesar do foco em segurar o meio-campo defensivamente, o camisa 8 do Fla também se destacou na construção de jogadas. Prova disso é que ele foi o segundo maior passador do jogo, com 54 passes corretos em 59 tentativas. Acima dele, ficou o zagueiro Léo Pereira, que errou apenas dois e acertou 60.

Crescendo em busca de mais oportunidades no time titular, Thiago pode receber nova chance no próximo domingo (19), quando o Flamengo encara o Grêmio novamente. Desta vez, no entanto, o jogo será pelo Campeonato Brasileiro. Com 34 pontos, o Rubro-Negro tenta colar de vez na briga pela liderança, enquanto o time gaúcho luta contra o rebaixamento – são somente 19 pontos conquistados, ocupando a 18ª posição.

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Sou fã do Thiago Maia e para mim, ele deveria ser o titular! O problema é que infelizmente, ele não é bom no jogo aéreo e por isso, a titularidade vai (como todos os méritos) para o Willian Arão, que também é um bom jogador e cumpre bem a sua função.
    Por isso, temos que fazer coro para o Flamengo contratá-lo em definitivo!!!

  • Não gostei do Thiago, teve dificuldade de fazer a bola chegar mais à frente. A propósito, todos os jogos que o Thiago Maia começou do início esse ano o time teve essa dificuldade. Talvez por isso o Renato decidiu utilizar o Andreas ao lado do Arão no domingo. O Andreas tem tudo pra ganhar a vaga, mas precisa de tempo de adaptação.

  • Para mim o Thiago é titular ao lado do Arão. Todavia, é preciso reconhecer que ele ainda não está em plena forma. Ele nós dá garantia na proteção da zaga e nos desarmes, mas no jogo pra frente, de armação, ainda apresenta lentidão. Ontem ao lado do Andreas que é outro que ainda não se adaptou, simplesmente a bola não chegava nos atacantes. Pra piorar tinha o Vitinho que é outro que segura a bola. O Andreas foi escalado no lugar errado, ele parece jogar na posição onde estava o Vitinho, pois é lento na marcação.