Wallim relata humilhações a Zico na ‘Gestão Patrícia Amorim’ no Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/CHARLA PODCAST

Maior ídolo da história do Flamengo, Zico virou assunto no último domingo (05) no “Charla Podcast”. Participante do programa, o antigo vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Wallim Vasconcelos, disse que o Galinho foi personagem crucial para vitória da Chapa Azul, nas eleições do Mais Querido no final de 2012. Além disso, o ex-dirigente revelou que o que o camisa 10 foi “humilhado” na antiga gestão do Clube da Gávea, presidida por Patrícia Amorim.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O Zico é uma figura humana espetacular, eu adoro ele. Então assim, o Zico foi fundamental, porque ele deu a chancela de que a gente ia resolver o problema do Flamengo. Ele tinha acabado de sair, tinha trabalhado há poucos anos atrás na gestão da Patrícia, onde foi entre aspas humilhado, foi maltratado. Zico é um cara que tem que ser exaltado -, disse Wallim.

Patrícia Amorim assumiu a presidência do Flamengo em 2010, após vencer Delair Dumbrosck. Três anos depois, ela cedeu o comando para Eduardo Bandeira de Mello, que foi eleito com o propósito de ajeitar as finanças do Rubro-Negro. A transição foi incentivada por Zico, um dos grandes entusiastas e responsáveis pela vitória da Chapa Azul no pleito.

Além do primeiro mandado, que se encerrou em 2015, Bandeira de Mello conseguiu se reeleger e, com isso, permaneceu na presidência até 2018. Com ele, o Flamengo foi duas vezes campeão da Taça Guanabara (2014 e 2018), do Carioca (2014 e 2017), e faturou a Copa do Brasil de 2013. Apesar te ter conseguido ajeitar as finanças do clube, o mandatário recebeu duras críticas da torcida pelo desempenho ruim do Mengo no futebol durante o período.

Veja também

  • Na boa, dêem a notícia direito. Quem foi o algoz de Zico foi o tal de Léo Capitão. Da maneira que publicaram, parece que a Patrícia foi “culpada” pelo evento!

Comentários não são permitidos.