Dupla defensiva do Flamengo troca mais passes do que todo elenco do Cuiabá

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo viveu uma noite fora da curva e da efetividade nesta quarta-feira (17), durante o empate em 0 a 0 com o Cuiabá. O time, acostumado a trocar 25 passes para finalizar, precisou de 70 durante o embate desta 27ª rodada do Brasileirão. Só Filipe Luís e Léo Pereira, por exemplo, foram responsáveis por 194 toques na bola entre si – número superior ao de todo elenco do Auriverde, que não passou dos 186 durante todos os 90 minutos.

Conforme já mencionado, o Flamengo normalmente finaliza a cada 25 trocas de bola. É, inclusive, o ataque com a melhor média do futebol nacional na temporada. Esse número subiu para 70 na noite desse domingo (17), no Maracanã. Além disso, foi o jogo com mais cruzamentos – e erros – da equipe no Brasileirão.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com o empate, a diferença entre Flamengo e Atlético-MG, que poderia cair para oito pontos, estacionou em dez – um a menos em relação ao início da rodada. A disparidade poderia ser ainda menor justamente pela derrota de virada do time mineiro, por 2 a 1, para o Atlético-GO, em Goiânia. Sendo assim, o Rubro-Negro se mantém na vice-liderança com 46 pontos, enquanto o Alvinegro contabiliza 56.

O próximo compromisso do Flamengo não exige matemática e nem tabela de classificação. É contra o Athletico-PR, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, às 21h30 (horário de Brasília) da próxima quarta-feira (20), na Arena da Baixada. É importante destacar que não há critério para gol fora de casa na competição.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ontem foi um dos piores jogos do renato, se nao foi o pior. Mesmo sabendo que ele tinha problemas para montar o time faltou ousadia.
    Esta materia mesmo indica que o Flamengo jogou mto com os zagueiros ja que o time do cuiaba estava todo entupido dentro da proprio campo. Obviamente q nessa situação os zagueiros vao pegar mais na bola, e como sabemos a zaga de ontem era fraca tecnicamente.
    O lance era o renato ter tirado um zagueiro e recuado o arao e colocado mais alguem para brigar la na frente. A bola iria sair com mais qualidade