É mole? Carlos Alberto questiona titularidade de Gabigol na Seleção: “Não gosto do comportamento”

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Desde a Copa América, disputada no Brasil, Gabigol vem sendo convocado regularmente para a Seleção Brasileira. Com a confiança do técnico Tite, o Príncipe da Nação ganhou a vaga de titular, após má fase de outros atacantes como Gabriel Jesus e Roberto Firmino. No entanto, para o ex-jogador e comentarista Carlos Alberto, o centroavante não tem o perfil para ser o ‘9’ da Canarinho. Além disso, ele criticou a postura do ídolo rubro-negro ao ser substituído por Renato Gaúcho.

Vale destacar que, desde que se aposentou dos gramados, Carlos Alberto tem ganhado espaço nas mesas de debate esportivo. Uma delas é o programa ‘Arena SBT’, comandado por Benjamim Back, no qual o ex-jogador já se tornou figura assídua, acompanhado de Emerson Sheik e Cicinho. No entanto, na edição da última segunda-feira (11), ele não poupou críticas ao centroavante do Flamengo.

Não acho (que seja o 9 ideal). Eu não chamo ele de Gabigol, chamo de Gabriel. O nome de batismo dele é Gabriel Barbosa. É muito fácil você fazer as coisas quando o resultado está ao seu favor. Agora, assim, 0 a 0 ou perdendo, é difícil fazer firula. Eu, particularmente, não gosto muito do comportamento dele. O cara sai e chuta a garrafa de gatorade, expondo o treinador e o companheiro que está entrando em campo – disse o ex-jogador do Vasco.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Apesar das críticas, Gabigol segue sendo o homem de confiança de Tite e deve ser titular no próximo compromisso da Seleção nas Eliminatórias. Nesta quinta-feira (14), o Brasil enfrenta o Uruguai, em jogo válido pela 12ª rodada da competição. A partida acontecerá às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia e contará com transmissão da Rede Globo, na TV aberta.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse mesmo comentarista já falou algumas asneiras em relação ao Gabigol, uma delas: se eu tivesse ainda atuando, e jogando contra ele eu quebraria esse jogador no meio. Então está claro que ele tem dor de cotovelo; inveja pura do sucesso do Gabriel Barbosa.

  • Muito limitado e não tem moral, sempre um problemático e indecente

  • Quanta inveja hein! CA? SEMPRE FOI JOGADOR DOS REBAIXADOS E QUER TIRAR ONDA