Em empate, Flamengo tem números semelhantes aos das derrotas para Juventude e Internacional

O Flamengo desperdiçou a chance de diminuir ainda mais a diferença para o Atlético-MG nesta 27ª rodada do Brasileirão. Isso porque, com a derrota da equipe mineira, bastava uma simples vitória sobre o Cuiabá, no Maracanã, para encurtar a distância, que hoje é de dez pontos, para oito. O Rubro-Negro, porém, não saiu do 0 a 0 com o time auriverde em uma partida de desempenho semelhante aos dois reveses para Juventude e Internacional.

O pior desempenho ofensivo do Flamengo no Brasileirão segue sendo na derrota por 1 a 0 para o Grêmio. Naquela ocasião, o Rubro-Negro finalizou apenas nove vezes – duas a menos do que no empate em 0 a 0 com o Cuiabá, neste domingo (17). O Mais Querido chutou 11 vezes em direção ao gol, performance exatamente igual aos reveses para Juventude e Internacional.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A eficiência abaixo da média também é semelhante ao empate em 1 a 1 com o Bragantino, no dia 06 de outubro, há três rodadas. Além das baixas finalizações, sendo só sete em direção ao gol, o Flamengo criou apenas uma grande chance no decorrer dos 90 minutos da partida contra o Cuiabá.

Virada a página do amargo empate com o Cuiabá, o Flamengo concentra seu foco agora no Athletico, pela semifinal da Copa do Brasil. O jogo de ida acontecerá na próxima quarta-feira (20), às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba. A volta será uma semana depois no Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *