Flamengo Esports estuda entrada no cenário competitivo de CS:GO

FOTO: REPRODUÇÃO

Já presente nas principais competições de esportes eletrônicos no Brasil, o Flamengo Esports está estudando entrar de vez em uma das maiores: o competitivo de Counter Strike: Global Offensive, mais conhecido pela sigla CS:GO. Além do Mais Querido, a B4, clube com qual houve parceria, e a SPQR também planejam montar uma equipe. As informações são do portal DRAFT5.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Não é a primeira vez que o Fla tenta entrar nessa modalidade. No começo do ano, a Simplicity, empresa que gere os esportes eletrônicos do clube, chegou a conversar com a lineup do ‘O Plano’, logo após os principais nomes deixaram a MIBR. O acordo não foi fechado por conta dos altos valores impostos à época.

FLAMENGO NOS ESPORTES ELETRÔNICOS
Desde a entrada nos jogos eletrônicos, com o carro-chefe, o League of Legends, foi um título do CBLOL, em 2019, e o bicampeonato do CBLOL Academy, em 2021. Além deste jogo, o Mengão está presente no Free Fire, rebaixado para a Série C no último mês, PES, PUBG Mobile, Wild Rift e Brawl Stars.

Por ora, é confirmado apenas a presença nas modalidades citadas acima, porém, com menor investimento no League of Legends. O caçador Filipe ‘Ranger’ foi o primeiro demito. O topo sul-coreano ‘Parang’, o atirador ‘Netuno’, o midlaner ‘Tutsz’ e o suporte ‘RedBert’ também devem confirmar a saída nos próximos meses. O time base para 2022 deve ser composta pelas categorias de base, fazendo com que o trabalho passe a ser de longo prazo, com poucas estrelas entre os titulares.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *