Flamengo evolui defensivamente em relação a 2020 e chega à mesma quantidade de jogos tendo menos gols sofridos

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Desde a chegada de Renato Gaúcho, o Flamengo tem ganhado em força e, especialmente, em encantamento. A equipe rubro-negra joga livre, leve e solta, fora a melhoria em problemas que pareciam crônicos. Um deles foi o sistema defensivo, que vinha sofrendo muitos gols no Brasileirão. Tanto que, em comparação com a edição 2020, o Mais Querido teve a meta vazada dez vezes a menos.

Ao todo, o Flamengo sofreu 21 gols em 23 rodadas no Brasileirão 2021, ou seja, média de menos de um por partida. Enquanto isso, quando foi comandado por Rogério Ceni e Domènec Torrent, o Mais Querido teve a meta vazada em 31 oportunidades. Dessa forma, mesmo com as peças praticamente idênticas no sistema defensivo, o Rubro-Negro conseguiu diminuir exponencialmente a marca do setor.

CONFIRA OS NÚMEROS:

Brasileirão 2020 – 31 gols sofridos 23 jogos
Brasileirão 2021 – 21 gols sofridos em 23 jogos

Vale destacar que, além das peças que já estavam no elenco, o sistema defensivo do Flamengo ganhou um excelente reforço para a temporada. Isso porque, nesta última janela de transferências, o Mais Querido contratou David Luiz, ex-Chelsea, PSG e Arsenal. No entanto, o camisa 32 ainda não conseguiu ter uma boa sequência pelo Mengão. O atleta realizou apenas duas partidas com o Manto Sagrado e sofreu lesão no adutor da coxa.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A fim de manter o bom desempenho defensivo, o Mais Querido segue o plano de preparação visando o próximo compromisso pelo Brasileirão. Nele, em jogo válido pela 27ª rodada, o Flamengo enfrenta o Cuiabá neste domingo (17). A partida acontecerá às 20h30 (horário de Brasília), no Maracanã e contará com transmissão do Coluna do Fla, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *