“O excesso de dinheiro escondeu todas as deficiências”: sequência de derrotas escancara crise no Flamengo

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A derrota para o Athletico-PR parece ter escancarado de vez a crise interna no Flamengo. Entre jogadores, comissão técnica e diretoria, todos vem sendo bastante criticados, mas os dois últimos foram alvo de uma bomba nesta quinta-feira (28). Isso porque, em matéria publicada pelo jornalista Venê Casagrande, o trabalho de Renato Portaluppi foi detonado. Para a fonte do repórter, que não quis se identificar, o treinador faz o papel de ‘distribuidor de coletes’ no Rubro-Negro.

Se tem 16 atletas disponíveis, ele joga oito para cada lado e puxa um treino em campo reduzido. Se é número ímpar, ele bota um atleta como ‘coringa’ e dá a mesma coisa, treino reduzido, uma espécie de coletivo. É sempre assim. O treino é o mesmo. Às vezes, em véspera de jogo, ele treina jogada ensaiada e pronto – disse uma das fontes do jornalista.

Apesar das enormes críticas ao trabalho de Portaluppi, os membros do departamento de futebol também foram alvo de problemas no Ninho do Urubu. Ainda na matéria, outra fonte resume que, no momento, Marcos Braz e Bruno Spíndel não possuem qualquer tipo de plano para a próxima temporada. A única fonte de sucesso, a fim de agradar a torcida, é trazer mais atletas para o já estrelado elenco do Mengão. Dessa forma, bebidas alcoólicas e batuques nas viagens se tornaram rotina.

Não tem comando. Não tem nenhum plano que não seja comprar jogador. O excesso de dinheiro escondeu todas as deficiências do Departamento, mas foram tantas barbaridades cometidas sem nenhuma supervisão que o dinheiro passou a não ser suficiente, frisou um dirigente – que também pediu para não ter o nome revelado.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Mesmo com a derrota e a crise interna escancarada, o Rubro-Negro não tem tempo para se lamentar, visto que já possui nova decisão neste sábado (30). Em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão, o Flamengo enfrenta o Atlético-MG às 19h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida contará com transmissão do Coluna do Fla, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Há algum tempo que venho falando sobre planejamento, desde ano passado a nossa zaga
    é formada por Bruno V, Leo P e Gustavo H, (Rodrigo C ficou um tempão no DM), e Braz foi a
    Europa buscar Kenedy e Andreas, desde 2019 o flamengo não tem UM ÚNICO reserva a
    altura pra Arrascaeta, e agora que ER7 caiu bastante de produção o flamengo simplesmente
    não tem NINGUÉM pro último passe, e haja adaptação(Andreas é apenas uma delas), antes
    Arão já tinha sido usado na zaga por Ceni, sejamos coerentes, um clube com a grana que o
    flamengo tem e que pretende ganhar tudo no Brasil e na América não pode ter os zagueiros
    que tem e não ter um reserva a altura pra armação, depois não adianta culpar só o treinador.

  • Gostaria de saber onde estão os defensores do Renato Praieiro e do Diego arrasta perna ,pq fiz um crítica aos dois e disseram que eu n era torcedor.
    Infelizmente temos que aceitar ,pq ao que parece n via mudar ,e pode fikr pior pq o Palmeiras joga do gito que dá pra ganhar do flamengo fácil,se defende e joga no contrataque ,fica mais fac se o Diego for titular pq ae ele perde a bola na fre te da área.

  • A diretoria não teve competência para trazer um técnico a altura de Jorge Jesus. Trouxeram O Domenec que nunca ganhou nada, depois fizeram a bobagem de trazer Rogerio Ceni que também não ganhou nada como técnico e por último Renato Gaucho que parou no tempo, ou seja, não tem nada de novo a acrescentar, é o feijão com arroz e as vezes ou só feijão ou só arroz e os resultados são estes que estamos vendo. A diretoria foi e é incompetente na contratação de técnico e naõ foi por falta de R$, pois joagaram mutio dinheiro fora com Domenec e Ceni e com o Renato não vai ser diferente. Daria para ter trazido um técnico a altura do clube.

  • A vdd é que a diretoria é totalmente amadora…não entende de gestão da forma q deveria…exemplos não faltam, mas a sequência Dome, Ceni, Renato demonstra falta total de estratégia e planejamento…o que um tem a ver com o outro?! Deram sorte com JJ que trouxe toda a sua equipe técnica e botou a “gestao” do clube pra escanteio…