É campeão! Flamengo amassa o São Paulo por 6 a 1 e conquista a Copa do Brasil sub-17

Matheus Gonçalves, Petterson e Victor Hugo marcaram os gols do Flamengo na partida


Pela final da Copa do Brasil Sub-17, o Flamengo derrotou o São Paulo por 3 a 0, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, nesta segunda-feira (15). Com gols de Matheus Gonçalves, Petterson e Victor Hugo, o Mais Querido garantiu o título da competição e, consequentemente, se tornou o vencedor da Supercopa do Brasil – já que também é o atual campeão do Brasileiro da categoria.

Vale ressaltar que, no agregado, o placar foi acachapante. Os Garotos do Ninho venceram os paulistas por 6 a 1 (3 a 1 no primeiro jogo e 3 a 0 no segundo). Na partida desta segunda-feira (15), o técnico Mario Jorge mandou a campo a seguinte formação: Dyogo; Samuel, Iago, Darlan e Zé Welinton; Vitor, Dudu, Matheus Gonçalves, Victor Hugo, Petterson e Matheus França.

Os três gols do Flamengo na partida foram ainda no primeiro tempo. Matheus Gonçalves tabelou com Matheus França e em ótima jogada pela direita, abriu o placar para o Mais Querido aos 26′. O segundo tento foi marcado por Petterson, aos 39′. O atacante recebeu de Matheus França pela esquerda, colocou na área e o goleiro do São Paulo se atrapalhou, sem conseguir evitar que o Cria do Ninho balançasse as redes.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


O gol que consagrou o Mengo veio um minuto depois, aos 40′. Matheus França roubou a bola, Matheus Gonçalves deu grande passe para Victor Hugo ampliar o placar e fechar a conta para o Rubro-Negro. No decorrer do primeiro tempo e na etapa final, o Flamengo só precisou manter a elástica vantagem construída e o resultado não poderia ser diferente: 6 a 1 para o Fla no agregado.

Com o título, o Mais Querido garantiu também a taça da Supercopa do Brasil sub-17. Isso porque, como o torneio é disputado entre o vencedor da Copa do Brasil x do Brasileirão, o Flamengo conquistou a tríplice coroa, pois é o atual campeão de ambas as competições nacionais.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *