“Errou feio”: especialista de arbitragem aponta falha grotesca contra o Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/PREMIERE

O Flamengo entrou em campo nesta segunda-feira (08), para enfrentar a Chapecoense, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. As equipes foram para o invervalo empatando parcialmente o confronto por 2 a 2, no entanto, a equipe de arbitragem roubou a cena nos 45 minutos iniciais do embate. Em um lance já nos acréscimos, Gabigol teve oportunidade de colocar o Fla à frente no placar, mas a assistente marcou impedimento e parou a jogada.

Para o especialista em arbitragem dos canais Premiere, Sandro Meira Ricci, foi um “erro feio” ter parado a jogada antes do tempo, já que o protocolo atual pede que lance seja concluído e, depois, analisado pelo VAR, caso seja necessário. O comentarista ainda ressaltou o lance anterior, no qual Gabigol reclamou de um pênalti não marcado.

Errou feio o assistente. Além dele estar ali em linha de meio-campo, ainda tinha o jogador da Chapecoense no meio. Esse é o típico lance, que tem que deixar seguir. Os assistentes estão correndo riscos desnecessariamente. A gente cobra muito que os assistentes não fiquem sempre esperando o VAR, sempre deixando o lance para o VAR. Mas nesse tipo de situação não. Nesse tipo de situação, era muito ajustada, tinha um jogador da Chapecoense que dava condição no meio, um defensor. E era um lance para deixar seguir. Errou feio -, disse.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


CONFIRA O LANCE:

Sem tempo de lamentar o tropeço, o Flamengo volta a entrar em campo nesta quinta-feira (11), quando enfrenta o Bahia, no Maracanã, a parir das 19h (horário de Brasília). O confronto, válido pela 31ª rodada do Brasileirão, e terá a presença da Nação Rubro-Negra.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O árbitro realmente errou feio e comprometeu o resultado. Tudo orquestrado pelas mãos da CBF. Mas o Flamengo está refém da politicagem da CBF quando simplesmente não joga contra um time infinitamente inferior e DESFALCADO. Não dá pra engolir. Tem corpo mole sim. Falta vergonha na cara de alguns figurões que só sabem reclamar e não jogam. Mas dia 30 estarão na boca do caixa.

  • Quem errou feio foi o babaca do Marcos Brás que contratou esse pseudo treinador!