Ex-jogador do Flamengo, Elano revela razão de saída do clube

Meia teve curta passagem pelo Flamengo em 2014, após ser emprestado pelo Grêmio

Ao longo do período de reestruturação, o Flamengo realizou algumas contratações menos empolgantes e de jogadores consagrados em idade mais avançada. Um caso dessa política rubro-negra, a fim de poupar gastos, foi o meia Elano, ídolo do Santos. Com acordo firmado em 2014, no entanto, o ex-jogador ficou menos de seis meses na Gávea, por uma série de fatores. Dessa forma, na última semana, o atual técnico da Ferroviária revelou a razão pela sua saída do clube.

Em papo no podcast ‘Flow Sport Club’, Elano comentou o momento financeiro que o Flamengo atravessava fez a diferença na opção pela saída. Além disso, mesmo com um elenco muito abaixo daquilo que se vê atualmente, a cobrança da torcida era a mesma. Dessa forma, revelou que sequer tentou receber os valores de multa rescisória do contrato e que o Rubro-Negro ‘merecia ser mais feliz’ naquela época.

Eu não estava feliz no Flamengo. Porque as coisas não estavam andando. Eu não estava jogando bem, o time não estava bom, e a torcida do Flamengo exigente para caramba. Não estava mais disposto a passar por aquilo. Fui xingado no aeroporto, sabe? Falei: ‘Flamengo merece ser mais feliz’. E eu me cobro muito – disse o ex-jogador, antes de completar:

Certo dia chamei o Felipe Ximenes, agradeci a ele, e pedi para ligar para o presidente, que era o Bandeira na época, para rescindir meu contrato. Não estava entregando. Ele assustou e falou: ‘Você tem dois anos e meio de contrato’. Falei: ‘Fala para o Bandeira que não quero um real. Só me paga até dezembro, que já está no meio do ano, tem o colégio da minha filha, o aluguel até dezembro. Depois eu vou embora e não quero um real – finalizou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Ao todo, Elano disputou apenas 15 partidas com a camisa do Flamengo e marcou três gols. O tento mais marcante foi uma linda cobrança de falta no ângulo, com a Nação presente no Maracanã. Na ocasião, o Mais Querido venceu o Emelec por 3 a 1, pela fase de grupos da Libertadores. O meia também conquistou o Campeonato Carioca de 2014 com o Manto Sagrado, em final disputada contra o Vasco.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *