Rendimento de Renato Gaúcho cai em 41% nos últimos oito jogos

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

O Flamengo venceu apenas dois dos últimos oito jogos sob o comando de Renato Gaúcho. A queda de rendimento também representa uma baixa de 41% no aproveitamento geral do treinador à frente do clube. Nos outros 23 embates, por exemplo, o Mais Querido tinha uma média de 2,71 gols marcados e 0,63 sofridos – agora é de 1,25 e 1,50, respectivamente.

Além das estatísticas mencionadas acima, o Flamengo de Renato sofreu uma queda de 83% de aproveitamento nos 23 jogos para 42% no recorte dos últimos oito. A primeira porcentagem é dividida entre 18 vitórias, três empates e duas derrotas, enquanto a segunda se refere aos triunfos sobre o Atlético-MG, por 1 a 0, e Atlético-GO, por 2 a 0, quatro igualdades no placar e dois reveses.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A queda de rendimento se dá, também, pela quantidade excessiva de desfalques. No empate em 2 a 2 com a Chapecoense, na última segunda-feira (08), Renato Gaúcho não pode contar com Arrascaeta, Diego Alves, Diego Ribas, Filipe Luís, Pedro, Thiago Maia e Kenedy – todos no departamento médico. Além disso, também precisou superar as baixas de Andreas Pereira, suspenso, e Isla, em compromissos com a Seleção do Chile. Há, ainda, a situação do retorno gradual de David Luiz, que também ficou de fora da 30ª rodada.

Renato Gaúcho ainda passa longe de contar com força máxima diante do Bahia, nesta quinta-feira (11), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã. O duelo é fundamental para retomada do time dias antes da decisão da Libertadores. O Rubro-Negro é o atual terceiro colocado do Brasileirão 2021, com 54 pontos conquistados até o momento.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • “A queda de rendimento se dá, também, pela quantidade excessiva de desfalques.” Preciso dizer algo mais? Força, Renato!