CBF deve manter Mané Garrincha como sede da Supercopa do Brasil

Flamengo pode levantar terceiro título consecutivo no Mané Garrincha


A Supercopa do Brasil está presente no calendário do futebol brasileiro desde 2020. O Flamengo, inclusive, foi o único vencedor da competição, visto que ergueu o troféu em 2020 e 2021. Para 2022, o Rubro-Negro está novamente classificado e disputará o título com o Atlético-MG, no dia 20 de fevereiro. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve manter o Mané Garrincha como sede.


Desde que começou a competição, as finais aconteceram em Brasília e, ao que tudo indica, até 2024 não será diferente. Segundo informações do Correio Braziliense, a CBF, o Distrito Federal e o Estádio possuem um acordo para que a Supercopa seja realizada no Mané Garrincha nos cinco anos posteriores a sua criação.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Cabe destacar, inclusive, que a tendência é que em 2022 seja o primeiro ano do Mané com o novo nome comercial. Isso porque, local passará ser chamado de Arena BRB por, pelo menos, três anos. O naming rights foi assinado na última quarta-feira (15) por cerca de R$ 3,5 milhões por ano, e deve ser oficializado em breve.

Visando dar ainda mais visibilidade ao Estádio, além da Supercopa do Brasil, o local deve receber algumas partidas do Campeonato Carioca e/ou Paulista. Os jogos do Rio de Janeiro terão preferência, visto que o Maracanã está passando por reformas e só deve voltar a ser utilizado na fase final do Estadual.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *