Flamengo usa ‘exemplo Dome’ para acertar na contratação do novo técnico

Dirigentes sabem onde erraram e procuram ser certeiros na escolha do comandante para a temporada 2022


O Flamengo intensificará a negociação a partir de domingo (19) pelo novo treinador. Bruno Spindel, diretor executivo de futebol, chega a Lisboa, em Portugal, neste sábado (18) e fica na espera de Marcos Braz, vice-presidente da pasta, que não embarcou junto a Spindel. Os dois a dirigentes e mais o ‘Conselho de Futebol‘, no entanto, usam a contratação de Domènec Torrent, em medo de 2020, para não errar novamente na escolha.

Primeiramente, o Rubro-Negro não quer demorar tanto tempo para definir o alvo principal. Na época de Dome, o Flamengo ficou mais de dez dias na Europa até escolher em quem investir. Dessa vez, o Fla já tem prazo: de domingo (19) a quarta-feira (22). Obviamente, caso seja necessário, os dirigentes irão estender a estadia no Velho Continente, mas já por um nome específico.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Depois, o Flamengo quer que o treinador chegue com um estafe mais robusto. Domènec foi contratado com mais três auxiliares, apenas. Isto, inclusive, foi considerado internamente um erro, pois o técnico catalão não ficou cercado por pessoas da sua própria confiança, alinhados com sua filosofia de trabalho. A tendência é que o comandante do Fla em 2022 desembarque no Brasil com, no mínimo, seis pessoas para a comissão técnica – mas este número deve ser maior.

Por fim, os dirigentes do Flamengo não desejam fechar  com um ‘novato‘ na profissão. Embora tenha sido auxiliar-técnico de Pep Guardiola durante anos, Domènec Torrent tinha apenas um trabalho na carreira como treinador, no New York City FC, dos Estados Unidos. Os profissionais pretendidos, agora, têm experiência de sobra, como Jorge Jesus, Carlos Carvalhal, Paulo Sousa, Paulo Fonseca e Rui Vitória.

A metodologia para contratar Domènec foi mantida: os dirigentes farão uma espécie de ‘entrevista de emprego‘ com os alvos. Entretanto, a maneira como isso acontecerá é diferente. Braz e Spindel serão mais diretos, pois sabem que não têm tempo a perder. O intuito é fechar com o novo treinador, no máximo, até o Natal.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Resumindo: não terá passeios pela “Ôropa”! kkk