“Os ajustes são feitos quando necessários”, diz Spindel sobre saídas no departamento de futebol

Dirigente chegou ao Rio nesta sexta-feira (31), após passar dias em Portugal em busca de um novo treinador

O Flamengo será comandado em 2022 por Paulo Sousa. O treinador chegará ao Rio no dia 7 de janeiro e trará uma comissão técnica de sete integrantes, o que faz com que ocorram algumas saídas. A primeira delas foi a do preparador de goleiros Wagner Miranda, conhecido como “gigante”. Em entrevista à S1LIVE, Bruno Spindel, diretor de futebol do Fla, comentou sobre os ajustes para a próxima temporada, agradeceu ao profissional demitido e naturalizou o desligamento.

– É o que a gente falou desde o início, quando acabou o campeonato. Todo ano, o Flamengo faz as avaliações que tem que fazer, dos processos e das pessoas, e os ajustes são feitos quando são necessários. Obviamente, o Wagner, que é o preparador de goleiros, a gente é muito grato a ele, o treinador vem com outro preparador de goleiros e que é natural nesse processo.

As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!

Além de Wagner Miranda, outra mudança será no que se refere à preparação física. Isso porque, a comissão técnica de Paulo Sousa conta com um profissional da área e, Alexandre Sanz, que estava à frente na última temporada, será remanejado para outro setor do clube carioca.

Paulo Sousa chega ao Rio de Janeiro para o 11º desafio da carreira. O treinador, de 51 anos e que estava no comando da Seleção Polonesa, assinou com o Flamengo por dois anos e, durante esse período, será acompanhado por outros sete profissionais. São eles: Manuel Cordeiro (treinador adjunto), Victor Sánchez (auxiliar técnico), Cosimo Cappagli (analista de desempenho), Antonio Gómez (preparador físico), Lluis Sala (preparador físico), Paulo Grilo (preparador de goleiros) e César Andrade (auxiliar na parte tecnológica).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *