Flamengo de 2019 lidera ranking de jornalista entre melhores times brasileiros dos últimos 10 anos

Futebol do Rubro-Negro também foi eleito destaque entre os vencedores da Libertadores


Liderado por Jorge Jesus, o Flamengo de 2019 tornou-se responsável pela melhor campanha da era dos pontos corridos com 20 clubes. Além disso, é, ao lado do Santos de Pelé, o único time campeão do Brasileirão e da Libertadores da América em uma mesma temporada. Sagrou-se, ainda, como primeiro vencedor da decisão única no torneio continental – na emblemática virada de três minutos sobre o River Plate de Marcelo Gallardo. Este elenco foi eleito por Bruno Formiga como o maior dos últimos dez anos na história do futebol nacional.

O jornalista ficou responsável por selecionar os cinco times que mais jogaram bola nas últimas dez temporadas do futebol brasileiro. Com o Flamengo de 2019 no alto do ranking, o top-3 ainda conta com Corinthians, de 2015, e Atlético-MG, em 2021. O Cruzeiro 2013 figura na quarta colocação e é seguido pelo pelo Alvinegro paulista, em 2012, que aparece pela segunda vez no ranking.


CINCO MELHORES TIMES DOS ÚLTIMOS DEZ ANOS

  1. Flamengo (2019)
  2. Corinthians (2015)
  3. Atlético-MG (2021)
  4. Cruzeiro (2013)
  5. Corinthians (2012)

O portal esportivo ainda pediu para que Taynah Espinoza selecionasse os melhores times brasileiros, entre os campeões, da Libertadores – também nos últimos dez anos. O Flamengo de 2019, assim como ocorreu com Bruno Formiga, foi eleito o número um do ranking.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


MELHORES TIMES BRASILEIROS DA LIBERTADORES NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS

  1. Flamengo (2019)
  2. Grêmio (2017)
  3. Corinthians (2012)
  4. Palmeiras (2021)
  5. Atlético-MG (2013)

Com 86 gols marcados, o Flamengo sagrou-se heptacampeão brasileiro em 2019 após alcançar a histórica marca de 90 pontos. O recorde ainda é do Cruzeiro, com 100, em 2002, mas em 46 embates – visto que havia 24 clubes à época. No formato atual, nenhum clube atingiu um feito tão significativo quanto o Rubro-Negro de Jorge Jesus. Além da já mencionada Libertadores da América após 38 anos de jejum.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *