Jornalista traça prioridades para o Flamengo no mercado de transferências

Em nova opinião no canal do Coluna do Fla, repórter pede atenção ao setor defensivo rubro-negro para 2022


Com a definição da comissão técnica e a proximidade do início da temporada, jornalistas e torcedores vão traçando as prioridades para o Flamengo em 2022. Entre algumas saídas confirmadas, o olhar se volta, principalmente, para atuação do clube no mercado de transferências. O vídeo de opinião, divulgado no canal do Coluna do Fla – Play, abordou o tema sobre a primazia rubro-negra para o ano.

De acordo com a opinião da repórter Ana Beatriz Zayat, o Flamengo deve fortalecer, principalmente, o setor defensivo – com prioridade absoluta na busca por um lateral-esquerdo. Na sequência, a especialista destaca, também, a necessidade de ir atrás de um goleiro e de zagueiro.

O Flamengo precisa se reforçar ao máximo no setor defensivo, ainda é muito carente. São nossas peças que não se apresentam tão bem fisicamente. A grande prioridade, acima de todas, é por um lateral-esquerdo. Apesar de achar o Ramon um jogador com potencial, ainda o vejo muito inconstante. Ele faz partidas muito boas, mas quando vai mal, é bem mal. Ele entra em campo para suprir a ausência do Filipe Luís, ou seja, é uma exigência muito alta. E o Filipe não tem condições físicas de disputar à frente todas competições.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Também tem a questão do goleiro, pois o Diego Alves desde que chegou ao Flamengo não teve sombra. E também não tem condições físicas de se manter. Além da questão dos zagueiros, já que Paulo Sousa utiliza o esquema de três zagueiros e vai exigir o máximo do setor.

Paulo Sousa sinalizou, ainda, para carência do clube na volância. Entendendo que a posição exige a mesma atenção das citadas acima, no vídeo de opinião do Coluna do Fla. O técnico terá seu primeiro contato com o grupo no próximo dia 10 de janeiro, segunda-feira, no Ninho do Urubu.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O Flamengo, precisando se reforçar em todos os setores, decide: manter Vitinho com um salários astronômico! Que absurdo!!!!! Mantem Gustavo Henrique e Léo Pereira que são fracos e quase sempre entregam jogos aos adversários! Mantém Renê. Ramon (podia ser emprestado) que são fracos e complicam muito o setor defensivo! Mantém Hugo e Gabriel Batista que são inseguros e inexperientes (podia emprestar os dois e depois vender). Mantém Kenedy que não disse a que veio (podia devolver imediatamente). Os zagueiros David Luis e Rodrigo Caio são lentos demais e quase sempre se machucam (podia negociar o Rodrigo Caio). Por fim, deveria contratar dois zagueiros, um lateral esquerdo de alto nível, dois meias no nível de Arrascaeta, e uns três atacantes para brigar por titularidade e reforçar o banco de reservas! Tirando Pedro, o banco de reservas do Flamengo não resolve nada!!!!!

  • O Flamengo precisa enxugar a folha. Descartar o pessoal que não produz, mas onera o clube. O primeiro dessa lista é o Vitinho que tem um salário milionário e não rende um terço do que ganha. Se a Diretoria renovar com esse cara é o mesmo que rasgar dinheiro. Ou será que há outros interesses em jogo? Com o dinheiro poupado poderíamos investir muito mais em nossa posições deficientes. Zagueiros, laterais, volantes e meias. Barca também para Renê, GH, Leo Pereira, Rodnei e até o Andreas. Kenedy não disse a que veio e o Thiago Maia só se for barato.