Paulo Sousa planeja início de 2022 sem dispensas no Flamengo

Novo técnico rubro-negro descarta ‘barca’ no elenco, mas quer contratações pontuais


O Flamengo tem ‘cara nova’ no comando da equipe para a temporada 2022, mas o elenco rubro-negro não deve sofrer grandes reformulações. Paulo Sousa aprovou o plantel do Mengo e apontou apenas alguns ajustes necessários para poder realizar o trabalho da melhor forma.

O técnico português descartou uma ‘barca’ para este ano, já que pretende conhecer e estudar os atletas no dia a dia do clube. Contudo, o treinador vê a necessidade de contratações pontuais, principalmente, no setor defensivo.

A prioridade de Paulo, inclusive, é buscar um goleiro ‘nível A’ com potencial para assumir a titularidade do time do Flamengo. Além disso, o comandante busca contratações pontuais de zagueiro e volante, segundo informação do portal Goal. Vale lembrar que ele já havia declarado que tais posições são as principais para o esquema de jogo que costuma utilizar.



As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Sou um romântico, gosto que as minhas equipes sejam muito poéticas. Há dois jogadores determinantes numa primeira fase de construção: o goleiro e o primeiro volante. Esse volante é realmente um jogador fundamental. Gosto dos meus times sendo protagonistas em todos os momentos do jogo. Mas, fundamentalmente, com bola. Gosto de ver as minhas equipes expressarem todo o seu conteúdo romântico ou poético, individual e coletivo, de forma a que tenham domínio sobre o adversário, e esse domínio tem muito a ver, no meu ponto de vista, com espaço e com tempo — disse Paulo Souza, antes de completar:

Requer, sem dúvida, uma inteligência tática importante. Procuramos ter uma identidade comum em todas as equipes, onde essa base permita ao indivíduo a tomada mais rápida de decisões perante esse tempo e espaço, para que essa expressão poética possa ser a base do individual. A base para oferecer ao público em geral e aos nossos torcedores algo que lhes permitam passar uma semana com ansiedade de voltarem ao estádio para os poderem ver com as mesmas emoções — finalizou o treinador.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esse o meu maior medo, começar 2022 exatamente “IGUAL” a 2020 e 2021, e o resultado,
    deu no que deu, o treinador chega, “não dispensa ninguém”, não vou nem me estender nos
    comentários, fico apenas na zaga. eu, você, Marcos Braz, Landim, Spindel, toda a torcida
    “TEM ASSISTIDO GUSTAVO H e LEO p” na zaga, não precisa falar, todos temos visto há dois
    anos e meio, sabemos “todos nós”, que David Luiz tem 34 anos, e que Rodrigo Caio já fez
    “várias cirurgias”, e não é só”disputou no último ano 1/3 dos jogos, isso mesmo. Colegas, tá
    cansativo falar o óbvio repetidamente, estou começando a desconfiar que o flamengo não
    tá nem ai pras necessidades do time, o foco é outra coisa, só não sei qual.

  • Elogiei quando pediu um goleiro e agora pisou na bola.
    Tem muita gente no elenco que rebaixa o nosso patamar. Não tem condições: Renê, GH, Leo Pereira e principalmente o pior custo benefício de toda a história do Flamengo, Vitinho.
    Temos ainda um zagueiro bichado, laterais 8 ou 800 e dois recém contratados caríssimos e de péssimo desempenho. Um não tem lugar no time e já entregou o ouro e o outro não disse a que veio. Ou seja, o time é bastante desequilibrado. Tem muito rival por aí contratando melhor e mais barato. A Diretoria tem uma estranha mania de só contratar europeu. Por que será?

  • A diretoria tem q intervir. Tem jogadores ai no elenco que nao da mais… claro que todo treinador vai querer conhecer jogadores, mas a gente aqui ja conhece rene, rodinei, piris da mota… nao tem pq manter estes no elenco

  • A diretoria tem q intervir. Tem jogadores ai no elenco que nao da mais… claro que todo treinador vai querer conhecer jogadores, mas a gente aqui ja conhece rene, rodinei, piris da mota… nao tem pq manter estes no elenco