Com volta de Rodrigo Caio, Flamengo bate o Altos-PI e se classifica na Copa do Brasil

O Mais Querido venceu o time piauiense por 2 a 0, no Estádio Raulino de Oliveira

Por: Nathalia Coelho

Na noite desta quarta-feira (11), o Flamengo venceu o Altos, do Piauí, por 2 a 0, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Com o resultado em 4 a 1 no agregado, o Mais Querido garantiu a classificação para as oitavas de final da competição. O adversário da próxima etapa do torneio, vale ressaltar, será conhecido através de um novo sorteio a ser realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O JOGO

O Flamengo começou querendo pressionar o Altos-PI. Aos quatro minutos, Lázaro roubou bola, tabelou com Diego Ribas e bateu de trivela. A zaga piauiense, no entanto, desviou para escanteio. Com sete, Marcos Paulo recebeu de Thiago Maia e levantou na área, mas cruzou alto demais.

Aos 11, Lázaro recebeu um lindo lançaento de Thiago Maia, mas perdeu uma chance inacreditável diante do goleiro adversário. Com 15′, o Flamengo deu espaço, e Diego Viana chutou forte, mas Hugo Souza defedeu com tranquilidade. Logo na sequência, aos 17′, Eliélton saiu para o contra-ataque, mas Rodinei ganhou a frente, afastou e sofreu falta.

Léo Pereira roubou bonito na intermediária ofensiva com 23′, tocou em Marinho, que errou feio buscando Gabigol. Aos 25′, o camisa 31 arriscou de fora da área, e a bola foi para fora, levando perigo ao Altos. Apesar das tentativas, o Flamengo chegou aos 29 minutos do primeiro tempo com pouca intensidade, somando apenas duas finalizações.

Com 31′, Diego cobrou escanteio, Léo Pereira desviou, e João Gomes completou no segundo pau de primeira. A bola tocou a trave esquerda de Marcelo, mas acabou não entrando. Aos 34′, o camisa 10 roubou a bola. Na sequência, Marinho recebeu e chutou nas mãos do goleiro, mas a arbitragem marcou impedimento do atacante rubro-negro.

Aos 41′, Marinho fez ótima jogada individual, mas Rodinei tocou mal para Gabigol, que acertou e tabelou com João Gomes. O camisa 9 tentou a finalização, mas acabou cortado ‘na hora H’. Já após os acréscimos, quando o árbitro apitou o fim da primeira etapa, a torcida rubro-negra se manifestou com muitas vaias nas arquibancadas e o time foi para o intervalo empatado o jogo em 0 a 0.

A primeira chance do Flamengo no segundo tempo, veio aos oito minutos, quando Lázaro deu linda bola para Pedro, que tentou driblar Marcelo. O goleiro deu o bote certo e conseguiu o tiro de meta para o Altos. Tudo mudou com 12′. Isso porque, João Gomes, de forma inteligente, bateu falta rapidamente. Lázaro, na sequência, foi derrubado dentro da área e, indiscutivelmente, sofreu pênalti. 

Especialista em cobrar penalidade, Gabigol bateu sem dar chance para o goleiro adversário. Golaço do camisa 9, que abriu o placar para o Flamengo. Entre os 19 e 20 minutos, o Altos ficou mais com a posse de bola. Com 27′, Rodinei cruzou, e Gabigol não chegou. 

A segunda etapa, vale ressaltar, perdeu um pouco da intensidade quando passou dos 30 minutos. Com 34′, Diego Ribas, na raça, dividiu duas bolas, mas acabou perdendo a posse. Aos 38′, Gabigol recebeu de Rodinei, tentou o drible, mas errou.

Com 40 minutos da segunda etapa, com o jogo caminhando para o fim, Diego Ribas tocou de cavadinha. Rodinei cruzou de esquerda, e Victor Hugo sobiu bonito e cabeceou firme, direto no ângulo. O gol do Garoto do Ninho foi o primeiro pelo time profissional, ampliando o placar para o Fla, que venceu a partida por 2 a 0.

Sem tempo a perder, o Flamengo vira a chave rapidamente para focar novamente na disputa do Campeonato Brasileiro. Isso porque, neste sábado (14), o Mais Querido enfrenta o Ceará, na Arena Castelão, pela sexta rodada do torneio nacional. O confronto acontecerá a partir das 16h30 (horário de Brasília).

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO x ALTOS-P
Competição: Copa do Brasil – 3ª fase
Local: Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data: 11 de maio de 2022 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília

Flamengo: Hugo Sousa; Léo Pereira, Rodrigo Caio (Pablo) e Marcos Paulo (Matheuzinho); Diego, João Gomes, Thiago Maia (Pedro); Lázaro (Arrascaeta), Marinho (Victor Hugo) e Gabigol.
Técnico:
Paulo Sousa.

Altos-PI: Marcelo; Ferrari, Lucas Sousa, Fabio Aguiar, Dieyson, Marconi, Tibiri, Diego Viana (Marcos Aurélio), Elielton (Lucas Campos), Manoel (Danillo Bala) e Betinho.
Técnico: Francisco Diá

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *