Paulo Sousa quebra silêncio sobre atrito com Diego Alves

Treinador destacou que o assunto foi encerrado dentro do vestiário


Neste sábado (21), o Flamengo venceu a equipe do Goiás por 1 a 0, no Maracanã, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo, o técnico Paulo Sousa esclareceu sobre o atrito com o goleiro Diego Alves, na qual

— Não, nunca o Diego nem o Bruno disseram que o Diego estava à disposição, o que aconteceu, sim, foi uma falta de comunicação entre o meu fisioterapeuta e o meu preparador, e uma falta de comunicação do Bruno comigo, que me induziu a pensar -, destacou, antes de finalizar:

— Falamos, conversamos, esclarecemos o que tínhamos que esclarecer, como gente crescida, que quer o bem do Flamengo, de forma a podermos caminhar juntos e fazer bons resultados como hoje. Da minha parte – e penso que de todos – estamos muito centrados no que queremos, que é ganhar -, concluiu.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


É importante destacar que o atrito ocorreu na última terça-feira (17), após vitória contra a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores. Em coletiva de imprensa, o técnico português deu fortes declarações sobre o goleiro Diego Alves, afirmando que o camisa 1 teria se colocado à disposição para jogar em conversa com o diretor executivo de futebol, Bruno Spindel, mesmo estando lesionado.

No entanto, na quinta-feira (19), o goleiro e o técnico Paulo Sousa tiveram uma reunião para esclarecer o mal entendido, visto que o goleiro não relatou ao executivo de futebol, Bruno Spindel, que gostaria de ser relacionado. Desta forma, o treinador português usou a coletiva deste sábado (21) para relatar que a pauta já foi tratada internamente.

A partir de agora, o técnico Paulo Sousa inicia a preparação para o duelo desta terça-feira (24), contra o Sporting Cristal (PER), pela última rodada da Libertadores. A partida será realizada no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Discordo, Eliane.
    Um bom técnico.
    Um elenco forte.
    E nem falo da torcida…

  • Sou vizinho de um português aqui, o dono da padaria, bato papo com ele todos os dias, papo agradável mas confesso que ele diz 20 palavras e eu só entendo 10 devido á rapidez como ele fala. Arão em entrevista muito anterior também disse á imprensa que muitas vezes não entendia tudo que JJ falava. A comunicação nestes casos pode ser prejudicada mesmo, não tenho dívidas pois vivo isto diariamente.

  • Uma torcida espetacular,
    um elenco estelar,
    UM TÉCNICO PARA LASTIMAR!!!