Vasco x Sport tem liberação judicial para acontecer no Maracanã

A decisão, agora, está nas mãos da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que precisa confirmar a alteração


Nesta segunda-feira (27), o Vasco da Gama emitiu uma nota para confirmar que, por decisão judicial, o jogo contra o Sport, poderá ser realizado no Maracanã. O Cruzmaltino, inclusive, fez o pedido formal à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para confirmar a alteração do local da partida, que estava marcada para São Januário.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!


CONFIRA NOTA NA ÍNTEGRA:

“O Vasco da Gama informa que, por decisão judicial, o jogo contra o Sport Club de Recife no próximo domingo, 03 de Julho, 16h, foi confirmado para o estádio do Maracanã, como pleiteava o clube e ansiava sua torcida. O Vasco da Gama já solicitou a formalização da alteração do local da partida pela CBF. O Vasco da Gama está tomando as providências necessárias para a venda antecipada de ingressos, e fará comunicação em breve”.

Vale ressaltar que, formado por Flamengo e Fluminense, o consórcio proibiu a realização do duelo entre Vasco e Sport, pela Série B do Campeonato Brasileiro, sob a premissa de preservar o gramado do estádio. O clube de São Januário, no entanto, considerou a decisão “arbitrária” e seguiu tentando mudar o veto, acionando o Fla na justiça.

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, inclusive, se envolveu no imbróglio ao notificar Flamengo e Fluminense. O documento emitido pela Casa Civil apontou a proibição como injustificável e, além disso, exigiu a liberação da partida sob risco de imposição de sanções aos clubes. Agora, portanto, cabe à CBF confirmar a mudança de estádio.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Toma, bando de otários, que ficam dizendo que o FLA não precisa de estádio, pois tem o maracanã. Larga esse elefante branco nas mãos do estado que sem FLAMENGO esse estádio não existe. Partamos para a construção da nossa casa e não dou seis meses para o maracanã ficar inviável para receber uma partida de futebol. Diretoria incompetente.