Braz explica origem do famoso charuto após títulos do Flamengo

Dirigente explica ‘ritual’ no vestiário rubro-negro antes das partidas


Na última quinta-feira (04), o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, foi o convidado do PODFLA, o podcast do Coluna do Fla. Com exclusividade, o dirigente respondeu a diversas perguntas ligadas ao Mais Querido. Dentre os temas abordados no programa, o mandatário revelou como começou a história do popular charuto, que já se tornou marca registrada nas conquistas do Mengão.

Eu tenho um ritual. Acendo uma vela em determinado lugar no vestiário. Sobre o charuto, eu nunca fumei na vida e aí deixa eu falar como foi. A gente estava na Libertadores (título) e tinha uma caixa de charuto lá, eu peguei e acendi um. Aí, o Everton Ribeiro estava do meu lado e a gente tirou uma foto. Depois daquilo todos os títulos que o Flamengo teve na sequencia o pessoal levava, aí eu comecei a levar também. Eu só fumo nos títulos do Flamengo, estou até com saudade (risos) — contou Braz.

VEJA O CORTE DO PODFLA:

Em 2022, Marcos Braz terá a chance de ‘matar a saudade’ do charuto. Isso porque, o Flamengo está ‘vivo’ nas competições mais importantes da temporada: Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. O Rubro-Negro enfrenta uma maratona de jogos e ,por causa disso, está dando prioridade aos torneios de mata-mata, utilizando times alternativos nos pontos corridos.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!


Sem tempo a perder, o Flamengo encara o São Paulo, neste sábado (06), pelo Brasileirão. A bola vai rolar para o confronto a partir das 20h30 (horário de Brasília), no Morumbi. Como exposto anteriormente, o Mais Querido entra em campo com uma formação recheada de reservas, exceto o goleiro Santos. Se ganhar, a equipe da Gávea diminui para seis pontos a distância para o líder Palmeiras. Você acompanha todos os lances do duelo contra o Tricolor na transmissão do Coluna do Fla, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • JUMENTO PRA UM ‘SER’ COMO ESSE QUE VEM “VOMITAR” NESTA COLUNA ONDE O ASSUNTO É SOBRE FUTEBOL, É UMA OFENSA AO ANIMAL…

  • Genocida aqui é o Sr. que quer matar o Brasil seu esquerdopata jumento

  • Que notícia importante. Propaganda eleitoral espúria. Quero que esse apoiador do genocida Bolsonaro desapareça do Flamengo!