Braz garante que Flamengo não busca substituto de Gustavo Henrique

Dirigente falou com exclusividade ao PODFLA


Na última quinta-feira (04), o PODFLA, podcast do Coluna do Fla, teve a presença do vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz. Dentre os diversos assuntos discutidos no programa, o dirigente foi perguntado, se o Mais Querido pretende fechar com algum zagueiro para substituir Gustavo Henrique, negociado com o Fenerbahçe (TUR).

Não. A gente não vê como uma prioridade, no momento, em relação à contratação de zagueiros nessa janela”, revelou Braz ao PODFLA. Há pouco mais de uma semana, Gustavo Henrique foi anunciado pelo Fenerbahçe, da Turquia, após pedido do ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus. O atleta firmou contrato de empréstimo com os turcos até junho de 2023, mas a compra será efetivada após cumprimento de metas estipuladas pela equipe europeia.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


O negócio com o clube turco vai render aos cofres do Rubro-Negro 2,8 milhões (cerca de R$ 15 milhões na cotação atual) pela venda do jogador. O pagamento, no entanto, será parcelado: a primeira parte paga no ato e a segunda apenas no encerramento do vínculo entre Gustavo Henrique e Fenerbahçe, em 2023. Na Turquia, o zagueiro continua atuando ao lado de Willian Arão, que também deixou o Flamengo para jogar na equipe de Jorge Jesus.

A estreia de Gustavo Henrique pelo novo clube aconteceu na última quinta-feira (04), na vitória de 3 a 0 do Fenerbahçe em cima do Slovácko, da República Tchecha. Os times se enfrentaram pela pela fase pré-eliminatória da Liga Europa, segunda maior competições de clubes da Europa. A equipe turca garantiu boa vantagem para o jogo que será decidido fora de casa.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Só temos o Pablo, o Léo Pereira e o Fabrício Bruno como “confiáveis” no plantel (no sentido de que não se lesionam facilmente). Já Rodrigo Caio e David Luis, vira e mexe eles estão entregues ao departamento médico. E o pior é que não temos mais o Willian Arão ou o Isla, para jogarem improvisados na posição. Mas tudo bem: quando o Oscar chegar, com certeza vai quebrar um galho na zaga, quando precisarmos!!!