Fabiano de Abreu: “Na presença do ‘olheiro’ Tite, Flamengo foi impecável”

Por: Fabiano de Abreu

“O Flamengo ontem foi impecável!”. Não teria uma melhor e mais curta frase para definir o jogo que aconteceu na noite da última terça-feira (02) entre Flamengo e Corinthians, pela Libertadores, um dos mais importantes do ano, inclusive.

Digo isso por ser Libertadores, por jogar na casa do adversário e pelo Corinthians ser um time difícil de enfrentar. Mas, também, não posso deixar de dizer que tinha um gostinho especial, que não tenho como dizer se todos os jogadores sabiam disso, mas acredito que sim. É que a plateia contava com um olheiro importante e em um outro grande momento: Tite, treinador da Seleção brasileira.

Estamos próximos à Copa do Mundo e é claro que muitos jogadores querem ser convocados. Diante disso, o Flamengo fez tudo o que podia ser feito, num jogo sem erros. Não acredito que esse resultado seja exclusivamente por causa da presença do Tite e que isso tenha feito com que o jogo de ontem tenha sido impecável ou até perfeito.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Tivemos o Gabigol, que, mesmo sofrendo com incômodos, conseguiu entregar um bom futebol não apenas como goleador, mas como uma pessoa e um jogador que se movimenta bastante. Além dele, o Rodinei, que conseguiu atingir uma performance muito boa.

Não posso esquecer o Arrascaeta que, novamente, mostrou porque que é o melhor jogador que atua no Brasil atualmente. Não somente isso. O Flamengo desfruta atualmente de um banco de reservas que qualquer equipe do mundo gostaria de ter. Aos olhos do Tite, que, como sabemos, não é o mais reconhecido por suas convocações já que muitos estão em desacordo, é necessário escolher com cautela os jogadores com potencial para integrar a Seleção.

Afinal, sabemos que para ganhar a maior competição de futebol do mundo, que essa será disputada no Catar, vários fatores precisam ser vistos e revistos e um dos principais é a convocação dos jogadores certos.

Bom, sobre o jogo, eu posso chamar de perfeito já que foi perfeito? Posso. Foi o melhor que nós podíamos fazer mediante aquilo. É o melhor de nós até que tenha outro ainda mais impecável. E sobre a Copa do Mundo: Tite precisa escolher bem quem vai representar o nosso país na maior festa de futebol.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *