Flamengo descarta cirurgia e estipula prazo para volta de Rodrigo Caio aos gramados

Zagueiro do Mengão não atua desde 10 de julho, quando saiu machucado em jogo contra o Corinthians


Um dos ídolos recentes do Flamengo e pilares do time multicampeão de 2019, o zagueiro Rodrigo Caio pode estar mais perto de voltar à equipe comandada por Dorival Júnior. O clube descarta cirurgia no menisco do joelho esquerdo do atleta e espera tê-lo à disposição novamente já em setembro. Assim, o defensor agregaria ao sistema defensivo, que sofreu apenas um gol nos últimos seis jogos. 

O camisa 3 do Mais Querido se lesionou em jogo contra o Corinthians, no último dia 10 de julho. Dois dias depois, o Flamengo emitiu um comunicado destacando que optou por um tratamento conservador, mas caso não desse certo, haveria necessidade cirúrgica. Desde então, Rodrigo Caio tem feito muitos testes físicos e de carga no local lesionado. Como está adaptado, a cirurgia não precisará ser realizada.  As informações foram publicadas inicialmente pelo Uol.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo 



A publicação informa ainda que o Flamengo não vai falar oficialmente em prazos para não frustrar a torcida. Fato é que o primeiro jogo do Mengão em setembro será no dia 04, contra o Ceará, às 11h (horário de Brasília), no Maracanã. Este embate é válido pela 25ª rodada do Brasileirão. Três dias depois, o Fla recebe o Vélez Sarsfield (ARG), pela volta da semifinal da Libertadores.

Antes, porém, o Flamengo encara o São Paulo, nesta quarta-feira (24), em jogo da ida da semifinal da Copa do Brasil. O embate será no Morumbi, às 21h30 (horário de Brasília). No domingo (28), o Fla visita o Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro, e em 31/09, o Rubro-Negro pega o Vélez Sarsfield (ARG), na Argentina. Este é o primeiro confronto da semifinal da Libertadores.

No momento, o treinador Dorival Júnior tem alternado os jogadores da posição. Em torneios eliminatórios, o comandante usa David Luiz e Léo Pereira, enquanto Fabrício Bruno e Pablo são utilizados em partidas do Campeonato Brasileiro. Além dos quatro, o elenco do Fla conta ainda com o próprio Rodrigo Caio e com o jovem Cleiton, de só 19 anos, para a posição.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A meu ver, situação do Rodrigo Caio não deve ser comparado a outros jogadores e sim, uma condição específica em que a legalidade dos fatos e o bom senso estejam presentes , dentro de um entendimento justo entre as partes, simplesmente, por tratar-se de um ídolo que faz parte na história do mais querido. Não podemos esquecer que, legalmente, o contrato é um ato jurídico e perfeito em nenhuma fato novo poderá modificar o direito adquirido, principalmente em se tratando de um profissional leal e dedicado como RC. Por certo, a diretoria saberá conduzir a situação contratual e as partes sairão satisfeitos com o resultado.

  • QUAL A LÓGICA EM GASTAR COM SALÁRIO ALTO PARA UM JOGADOR QUE NÃO DÁ RETORNO ALGUM AO CLUBE?
    TRATA ELE E MANDA EMBORA, O QUE ADIANTA JOGAR ENTRA EM CAMPO 1 JOGO E FICA 30, 60 DIAS SEM JOGAR.
    LOGO E UM EX ATLETA APOSENTADO QUERENDO E FORÇANDO PRA JOGAR.
    VAZA DO MALVADÃO…. DEIXA O ORGULHO DE LADO E PEÇA PRA SAIR.

  • Torcendo muito pelo Rodrigo Caio, mas isso precisa ter um fim, pois o clube precisa contar com seus atletas, ainda mais da importância dele. Se ele não tem mais condições físicas de atuar em alto desempenho, deveria procurar a Diretoria e negociar um acordo. Não é possível onerar o clube sem dar retorno, como aliás vem fazendo o Diego Alves.