Gabigol revela motivação com torcida do Flamengo e planeja futuro no clube: “Vai ser difícil sair”

Camisa 9 diz se inspirar nos torcedores do dia a dia, vestidos de rubro-negro nas ruas


Um dos maiores ídolos da história do Flamengo, Gabigol nem pensa em sair do clube, atualmente. Com o nome ventilado em diversas equipes europeias, principalmente da Inglaterra, o camisa 9 rechaçou a possibilidade de voltar ao Velho Continente no momento. O atacante revelou que a torcida rubro-negra é o que mais motiva a seguir no Mais Querido, mas não apenas aqueles que lotam o Maracanã, mas sim os do dia a dia, nas ruas do Rio de Janeiro.

(A torcida do Flamengo) é a minha cara, é onde eu me sinto muito bem, o Flamengo é um time que eu me vejo um torcedor, quando eu ia para o estádio eu fazia a mesma coisa que eles faziam (risos), então acho que é algo que me motiva, que me faz ser feliz, que me pega. Eu tenho muito a coisa da ‘vibe’, eu venho para o CT mais cedo, passo pela praia e vejo todo mundo com a camisa do Flamengo, todo mundo com a camisa 9. É algo que eu vou olhando e falando ‘acho que consigo representar eles (torcedores) de alguma forma’. É isso que me motiva — disse Gabigol, em entrevista ao canal ‘Fui Clear!’, no Youtube.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


O atacante revelou que, quando parar de sentir essa ‘empolgação’ para vestir o Manto Sagrado, é porque chegou a hora de procurar novos ares. Porém, pela história escrita ao longo desses quase quatro anos de Flamengo, Gabigol acredita que será ‘muito difícil’ ter que deixar o Mais Querido, caso um dia aconteça.

Enquanto isso me motivar, eu vou querer ficar aqui e também, quando chegar o momento que eu vir que já não me motiva mais isso, outras coisas dentro do clube, ou até eu mesmo dentro do campo, vai ser a hora de mudar, mas confesso que vai ser difícil (risos). Quando eu sentir que não é para eu ficar, não tem problema nenhum em mudar, mas é claro, tem times que você passa que te marcam muito, e vai ser difícil, eu acho, sair do Flamengo, pensando no hoje. Vai ser muito difícil — acrescentou o camisa 9.

Gabigol é uma das principais apostas do Flamengo para a sequência da temporada, quando o Mais Querido terá pela frente as fases decisivas de Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso será pela liga nacional, contra o São Paulo, no sábado (06), pela 21a rodada da competição. Na terça (09), o camisa 9 volta a campo pelo torneio continental, onde poderá quebrar um recorde contra o Corinthians. Caso marque dois gols, assumirá o topo do ranking de artilheiros brasileiros na disputa sul-americana.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ele é Mengão. Agora vamos cair matando em cima do Felipão, falou q o Flamengo n adiantava vir com chororô no jogo contra eles q o árbitro não deu o pênalti e agora ele vem com chororô no logo deles ontem. Um verdadeiro hipócrita. Vamos moralizar isso.

  • O Clube inglês que queria o Gabi, era por empréstimo.
    Gabi há muito tempo não vem bem, mas mantém o apoio da diretoria e de parte da torcida.
    Com salário que Gabi ganha e contrato, acho que é até 2025, vai ser difícil sair do Flamengo.

  • PODERIA DAR A CAMISA 10 AO GABIGOL. Eu sei que ele não é um “camisa 10 clássico” como seria o Arrasca, mas para demonstrar pra ele a importância que ele tem para o Flamengo, seria uma espécie de reconhecimento do clube e da torcida. O Pedro ficaria com a camisa 9.

    A camisa 10 do mengão é lendária e nao merece ficar no banco ou sem ser utilizada

  • Aqui nada tem a ver com disputa entre GABI e PEDRO(que estão em harmonia e com GABI provando ter caráter e humildade ao jogar também para ajudar o Pedro, que é outro monstro querido nosso), e sim com quem é o GABIGOL para a torcida do Flamengo. Um ídolo eterno pelo passado e presente. Esse, sim, diferentes dos políticos brasileiros, sabe honrar uma NAÇÃO!

  • Tem que motivar! Tem que jogar sério em busca sempre do gol, da alegria e das vitórias. QUE TAL “HOJE TEM GOL DO PEDRO E DO GABIGOL?