Goleiro do Boca Juniors deve ficar fora de jogo após proposta do Flamengo

Mais Querido pretende fazer uma proposta inicial de aproximadamente R$ 10 milhões


Por: Nathalia Coelho e Bruno Villafranca

Com um dos elencos mais valiosos do futebol brasileiro, o Flamengo segue atento às oportunidades de mercado. Não à toa, o Mais Querido tem monitorado de perto o goleiro Agustín Rossi, do Boca Juniors (ARG). Interessado no arqueiro para janeiro de 2023, o Rubro-Negro pretende fazer uma proposta inicial de aproximadamente 2 milhões de dólares, ou seja, cerca de R$ 10 milhões na cotação atual.

O Boca Juniors (ARG), no entanto, só aceitaria negociar o goleiro por um valor próximo da multa, que custa aproximadamente 20 milhões de dólares (R$ 105 milhões). Vale ressaltar, todavia, que Rossi não irá renovar o contrato com o time argentino, que se encerra junho de 2023.

Depois de todo o imbróglio envolvendo a chance de Rossi fechar com o Flamengo, o goleiro se tornou dúvida para o jogo do Boca Juniors neste sábado (06), contra o Platense, pela 12ª rodada do Campeonato Argentino. O confronto acontecerá a partir das 21h (horário local), na Bombonera.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Augustín Rossi, de 26 anos, é considerado um dos xodós da torcida do Boca Juniors. O goleiro entrou na mira do Flamengo, que busca reforçar a posição para a próxima temporada. Apesar da segurança do titular Santos, o Mais Querido precisa de outras opções para a meta rubro-negra, já que Hugo obteve desempenhos irregulares, e o contrato de Diego Alves, com fim em dezembro de 2022, não será renovado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *