Pedro tem mais gols que Corinthians na atual Libertadores

Atacante do Flamengo deve ser titular em jogo de volta contra os paulistas


O grande jogo da temporada para o Flamengo acontece às 21h30 (horário de Brasília) desta terça-feira (09). No Maracanã, o Mais Querido encara o Corinthians, time, inclusive, que tem menos gols marcados que Pedro na atual edição da Libertadores. O atacante rubro-negro já balançou as redes sete vezes contra cinco da equipe paulista.

Pedro é um dos jogadores que mais evoluíram com a chegada de Dorival Júnior ao Flamengo. Tal evolução é nítida também na Libertadores, além do Brasileirão. Em 167 minutos jogados na fase de grupos, com Paulo Sousa, o camisa 21 marcou três gols. No mata-mata, sob tutela do novo treinador, o centroavante balançou as redes cinco vezes, em 188′. Números, superiores aos do adversário de logo mais.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Nas nove partidas que o Corinthians disputou nesta Libertadores, o time de Vítor Pereira marcou apenas cinco gols, todos na fase de grupos. Tal aproveitamento ofensivo é baixo em comparação ao Flamengo. O Rubro-Negro, no mesmo período, fez incríveis 25 tentos, 20 a mais que os paulistanos.

Além de Pedro, outro jogador do Flamengo não fica atrás do Corinthians no quesito gols marcados. Gabriel Barbosa também tem cinco tentos, a mesma quantidade marcada pelo time paulista. Ou seja, a dupla de atacante do Mengo tem o mais que o dobro de bolas na redes que toda a equipe corinthiana.

Flamengo x Corinthians medem forças, no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília) desta terça (09). O Fla pode perder até por um gol de diferença, já o time paulista precisa de dois tentos a mais para levar a decisão para os pênaltis. Com a vantagem, o Rubro-Negro está perto de confirmar vaga nas semifinais, para encarar Talleres (ARG) ou Vélez Sarsfield (ARG).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Atenção! Pedro, Gabigol, Cebolinha, João Gomes e Lázaro. Caprichar na pontaria. Jogador de ponta não pode desperdiçar oportunidades fáceis.