Vice-presidente do Flamengo critica denúncia do STJD contra Gabigol e Arrascaeta: “Lamentável”

Dirigente não acredita que os atletas rubro-negros serão punidos


Na última terça-feira (09), o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) entrou com uma denúncia para punir o meio campista Arrascaeta, por jogada violenta, e o atacante Gabigol, por agressão, após duelo diante do Athletico-PR, pela Copa do Brasil. Por este motivo, o vice-presidente geral do Flamengo, Rodrigo Dunshee, criticou a postura da Procuradoria e revelou que a dupla rubro-negra não deve ser penalizada.

— Tenho muito a lamentar essa ação da Procuradoria. A jurisprudência toda diz que a decisão do árbitro no campo, tendo a revisão do VAR, não cabe ao Tribunal apitar o jogo. E provavelmente não vai, mas é lamentável pois tem um jogo importante quarta-feira e a Procuradoria está tirando a luz do jogo para ela – destacou, antes de finalizar:

— Isso não tem importância nenhuma. Nem eu tenho importância. Eu sou dirigente. Os jogadores que precisam aparecer. A decisão já foi tomada, os jogadores tomaram os cartões. Eu lamento, porque o futebol brasileiro perde muito com esse tipo de coisa – concluiu, em entrevista ao Charla Podcast, nesta quinta-feira (11).


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Como mencionado anteriormente, Gabigol foi denunciado após lance com o volante Fernandinho e enquadrado no Artigo 254-A, que relata punição por praticar agressão física durante a partida. Já o meio campista Arrascaeta participou de uma jogada forte com o volante Erick, do Athletico-PR, e foi constado no Artigo 254, por ‘entrada violenta’.

Contudo, o vice-presidente do Flamengo crê que os atletas rubro-negros estejam presentes na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro precisa vencer o duelo para avançar às semifinais do torneio nacional. Em caso de empate, o confronto será decidido nos pênaltis. O jogo será realizado na próxima quarta-feira (17), a partir das 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Baixada.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *