Arão revela fato que o frustrou em saída do Flamengo: “Tenho esse sentimento”

Jogador opinou se faltou algo em sua saída do clube carioca rumo ao Fenerbahçe (TUR)


O ciclo de Willian Arão no Flamengo chegou ao fim em julho desta temporada, após o atleta acertar com o Fenerbahçe (TUR), time de Jorge Jesus. O volante, que vestiu o Manto Sagrado por sete temporadas e em 377 jogos, opinou se faltou uma despedida mais ‘calorosa’ por parte do Mengo em sua saída. 

Acho que pode-se dizer que sim. Não um jogo de despedida, porque não gosto de ser o centro das atenções desta maneira. Eu joguei contra o Tolima, depois peguei Covid pela segunda vez e não pude estar nas outras partidas. Tenho esse sentimento, mas acho que aproveitei todas as partidas que joguei. Desfrutei mesmo de vestir essa camisa. Eu fui feliz em cada momento. Não sei dizer se meu ciclo encerrou, mas no momento sim. Foi como tinha que ser, tenho isso na minha cabeça — disse Willian Arão em entrevista ao GE.

A saída de Willian Arão do Flamengo foi rápida e sem muitos avisos. Com a agilidade das tratativas entre o Fernerbahçe e o Rubro-Negro, possivelmente nem mesmo o jogador sabia que o histórico 7 a 1 em cima do Tolima (COL), nas oitavas da Libertadores, seria o último compromisso como atleta do Mengão.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Vale lembrar que com a venda de Arão ao time turco, o Flamengo embolsou três milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões na cotação da época). Como o atleta fazia parte da lista de negociáveis do elenco, o Rubro-Negro não dificultou a transferência para o Fernerbahçe, fator que pode ter dificultado uma despedida mais ‘à altura’ para o volante.

Mesmo sem uma grande despedida, Willian Arão encerrou a passagem no Flamengo como um dos jogadores mais vitoriosos dos últimos anos no futebol brasileiro. Com o Manto Sagrado, o volante conquistou a Libertadores (2019), dois Campeonatos Brasileiros (2019 e 2020), duas Supercopas do Brasil (2020 e 2021), uma Recopa Sul-Americana (2020) e quatro Campeonatos Cariocas (2017, 2019, 2020 e 2021).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *