Comentarista coloca poder decisivo de Gabigol acima de outros jogadores da Seleção

Bruno Formiga declara que levaria Gabigol para a Copa do Mundo do Catar


No último mês de outubro, o Flamengo conquistou o tetracampeonato da Copa do Brasil e o tricampeonato da Libertadores da América. O título do torneio continental veio dos pés do artilheiro Gabigol, assim como a taça de 2019. Em programa da TNT Sports, o comentarista Bruno Formiga afirmou que levaria o atleta para a Copa do Mundo, devido ao poder decisivo do camisa 9 rubro-negro. 

— Eu levaria Gabigol. Não dá para abrir mão de um cara que decide como ele decide, e ele gosta de decidir. O cara tem tesão em decidir, ele tem psicopatia em decidir jogo, de querer ser importante. E ele não sente pressão, não sente. São 18 jogos pela Seleção, cinco gols. Eu levaria Gabigol, porque eu acho que na hora do ‘abafa’, bateu o desespero, como no jogo com a Bélgica em 2018, mete o Gabigol. Vai tentar chance para caramba e, se bobear, ainda encontra um gol ali -, declarou o comentarista, antes de completar:

— Lembrando, que eu já elegi o Gabigol como o protagonista da maior atuação ruim da história, que foi a final da Libertadores em 2019. Ele não jogou nada, e decidiu o jogo. Eu não abriria mão de levar o Gabigol. “Ah mas ele teve a chance dele e não aproveitou”. O homem é de competição grande. Quem decide mais? Gabigol ou Matheus Cunha? Gabigol ou Martinelli? Gabigol ou Firmino? Então leva o Gabigol -, afirmou Bruno Formiga.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!



Gabigol é dono de quatro gols em três finais de Libertadores nas últimas temporadas. Em 2019 e 2022, o camisa 9 do Flamengo foi o responsável por trazer o título para a Gávea. Além disso, com o gol marcado na decisão contra o Athletico-PR, o jogador rubro-negro consagrou-se como o maior brasileiro artilheiro do torneio continental, ao lado de Luizão, com 29 tentos.

Vale lembrar que, segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a convocação final com os 26 jogadores para a Copa do Mundo do Catar será divulgada daqui a dois dias, na segunda-feira (07), às 13h (horário de Brasília). Com os nomes revelados, os jogadores selecionados devem ser liberados pelos clubes a partir do dia 13 de novembro, e a apresentação acontece no dia 14.

Na pré-lista do técnico Tite, sete jogadores do Flamengo estão entre os 55 cotados para a convocação final: Santos, Filipe Luís, Rodinei, João Gomes, Everton Ribeiro, Pedro e Gabigol. O primeiro compromisso brasileiro no Catar é no dia 24 de novembro, contra a Sérvia. A disputa acontece a partir das 16h (horário de Brasília) no Estádio de Lusail, em Lusail, no Catar.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *