Foco no Flamengo: estafe de Pastore planeja oferecer jogador novamente ao Fla; meia acertou com Qatar SC

Pastore jogou no Elche (ESP) na última temporada


Por: Bruno Villafranca e Pedro Paulo Catonho

A assinatura do contrato foi com o Qatar SC (CAT), mas a vontade mesmo era o Flamengo. Assim pode ser resumida a situação de Javier Pastore. O meia foi oferecido ao Rubro-Negro, porém, a diretoria não se interessou. Então, o estafe do argentino fechou com a equipe catari. No entanto, os representantes do atleta pretendem sugeri-lo ao Fla novamente após a passagem pelo Mundo Árabe.

De acordo com apuração do Coluna do Fla, Pastore fechou com o Qatar SC por apenas seis meses, ou seja, até junho de 2023. Ao fim do vínculo, os representantes dos jogadores vão oferecer o meia ao Flamengo novamente. No primeiro contato, antes da assinatura com os asiáticos, o Mengão não se empolgou. O atleta atuou somente em 15 partidas pelo Elche (ESP) na última temporada.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Nos três anos que jogou na Roma (ITA), antes da transferência para o Elche, Pastore somou apenas 37 jogos. Ou seja, teve baixa minutagem desde saiu do PSG (FRA), em 2018. Em Paris, o meia fez história, com cinco títulos do Campeonato Francês, quatro Copas da França, cinco Taças da Liga Francesa, entre outras conquistas.

Com 33 anos, Pastore sonha em voltar ao futebol sul-americano. O atleta e os empresários do meia enxergam o Flamengo, atual campeão da Copa Libertadores, como clube ideal para a volta ao continente. O argentino não atua na América do Sul desde 2009, quando deixou o Huracán (ARG) rumo à Europa.

O Flamengo busca um meia para revezar com Everton Ribeiro e Arrascaeta ao longo da temporada. Atualmente, o elenco conta com os Garotos do Ninho, Matheus França e Victor Hugo, para fazer a função quando os selecionáveis não podem atuar. No momento, o Rubro-Negro estuda a possibilidade de contratar o colombiano Juan Quintero, passe livre desde a despedida do River Plate (ARG), no fim do ano passado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *