Presidente do Fluminense cobra flexibilização do Engenhão em meio à polêmica sobre Maracanã

Compartilhe com os amigos

Clubes cariocas ainda discutem sobre Termo de Permissão de Uso do Maracanã, que se encerra na virada de terça (25) para quarta-feira (26)


A utilização dos estádios do Rio de Janeiro tem sido um tema polêmico no território carioca. Isso porque, Flamengo, Fluminense e Vasco estão travando uma ‘guerra’ pela cessão de uso do Maracanã. Em meio a isso, o presidente do Flu, Mário Bittencourt, fez questão de cobrar também uma possível flexibilização de outra arena da Cidade Maravilhosa: o Engenhão, que está sob gestão do Botafogo.

As pessoas esquecem que o Engenhão também é equipamento público, da Prefeitura do Rio de Janeiro, hoje controlado pelo Botafogo. A SAF acabou de trocar por grama sintética, que Flamengo e Fluminense são contra, porque nenhuma grande liga, nem a Copa do Mundo, permite gramado sintético. No Brasil, está virando moda porque querem transformam em arenas de shows. É justamente o que visa o fundo que controla o Vasco, tem interesse maior no Maracanã que no Vasco – disse o presidente do Fluminense.


Vote no Coluna do Fla no Prêmio iBest 2023 e mostre a força da torcida do Flamengo


Mário Bittencourt também criticou a não liberação do Estádio Nilton Santos ao Fluminense, durante a realização do Campeonato Carioca. À época, o Tricolor foi impedido de utilizar o Engenhão, pois o grama natural da arena estava sendo trocada pelo modelo sintético. Sendo assim, o presidente do Flu teceu reclamações sobre o novo gramado e afirmou que a opinião dos outros clubes cariocas deveriam ter sido solicitada sobre a reforma no campo.

Nunca houve intransigência de não flexibilizar para Vasco e Botafogo, mas desde que se lembre que o Engenhão também deveria ser flexibilizado e que deveríamos ser ouvidos se um dos principais estádios do Rio de Janeiro deveria ter gramado sintético ou não-, completou Mário Bittencourt ao ‘Seleção SporTV’.

DISPUTA POR USO DO MARACANÃ
É importante lembrar que, no momento, Flamengo, Fluminense e Vasco ‘lutam’ na Justiça pela renovação da cessão de utilização do Maracanã, que se encerra na virada de terça (25) para quarta-feira (26). A dupla FlaFlu quer que o Termo de Permissão de Uso do estádio continue como está, visto que entendem que a atual gestão da arena é o melhor para a agenda do ‘Maraca’. Isso porque, a administração vigente argumenta que está tendo eficiência e responsabilidade nos custos de reformas, preservação, e cuidados do gramado e da estrutra.

Já o Vasco, entende que o Maracanã precisa de ‘concorrência’ na administração. Desse modo, os cruzmaltinos solicitam que o time de São Januário seja incluído na nova cessão de utilização do estádio, para que divida os direitos de uso do estádio junto com Flamengo e Fluminense. No entanto, o Governo do Estado do Rio de Janeiro argumenta que os pedidos vascaínos são inviáveis. Com isso, a renovação do termo caminha favorável à dupla FlaFlu, porém, não ainda há decisão oficial.


Compartilhe com os amigos

Veja também

  • De fato nessa briga toda esquecem do engenhao. Que foi cedido ao botafogo e nesse tempo:
    1- Mudaram o nome do estadio
    2- Customizaram o estadio com as cores do botafogo
    3- Cobram muito acima do valor para arrendar o estadio
    4- trocaram o gramado sem satisfação alguma

    Vamos lá tb encher o saco que o engenhao tb tem q ser alugado a preço justo e quando os outros clubes acharem que tem que ter jogo

Comentários não são permitidos.