Gabigol deve realizar procedimento cirúrgico após a temporada 2023

Compartilhe com os amigos

Gabigol tem jogado com uma sobrecarga no tendão dos adutores


O Flamengo segue se preparando para o próximo compromisso no Campeonato Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino, na quinta-feira (23). Sem poder contar com Gabigol, que vai cumprir suspensão automática, o Fla planeja realizar um procedimento cirúrgico no atacante quando a temporada 2023 chegar ao fim. A informação foi divulgada pelo Uol Esporte.

Gabigol sofreu uma lesão por sobrecarga no tendão dos adutores nesta reta final de Campeonato Brasileiro. No entanto, o Departamento Médico do Flamengo decidiu realizar o tratamento completo no final do ano, depois que o Brasileirão chegar ao fim. A recuperação é feita através de intervenção de medicina regenerativa. Com isso, em 2024, o atacante deve voltar a melhor forma física.

TRATAMENTO INTENSIVO

Com a semana livre de jogos, a comissão técnica do Flamengo programou uma série de atividades específicas para que Gabigol volte à melhor fase. O tratamento intensivo inclui sessões na casa do camisa 10. O atleta, vale destacar, tem mostrado comprometimento para recuperar os 100% da forma física.

PRÓXIMO COMPROMISSO DO FLAMENGO

Apesar da preparação do elenco com foco no Red Bull Bragantino, Gabigol não ficará à disposição do Flamengo no dia 23 de novembro. Isso porque, o camisa 10 foi expulso no clássico contra o Fluminense e terá que cumprir suspensão automática.

Desse modo, sem Gabigol, o Flamengo se prepara para enfrentar o Red Bull Bragantino, no dia 23 de novembro. O confronto acontece no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília), em atraso da 30ª rodada do Brasileirão.

TRANSMISSÃO DO JOGO

Como manda a tradição, o Coluna do Fla comandará a transmissão mais pé-quente e rubro-negra da internet, na voz de Rafa Penido, no YouTube. Além disso, o Premiere, no pay-per-view, também exibe o jogo entre Flamengo e Red Bull Bragantino.

Compartilhe com os amigos

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vendam enquanto é tempo. Fico pensando, se tivessem trazido o Cano para o lugar do Gabigol em 2019, ele teria feito o dobro de gols que o nosso atacante, com sobras.