Evolução e maturidade: Gabigol pode chegar ao fim do Brasileirão com apenas dois cartões amarelos

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Campeonato Brasileiro está na reta final e resta apenas uma rodada para o país descobrir qual será o campeão da edição de 2020. O Flamengo assumiu a liderança e depende apenas de si para conquistar o octa. O Mais Querido está invicto há seis jogos, com a ajuda do poder decisivo de Gabigol. No entanto, não só colocando a bola na rede que ele tem sido fundamental, o jogador também tem demonstrado maturidade ao controlar os nervos durante as partidas.

Nesta edição do Brasileirão, Gabigol recebeu apenas dois cartões amarelos e jogou pendurado em mais de 15 partidas. Em 2019, o camisa 9 recebeu 12 cartões amarelos, o que caracteriza uma evolução mental do jogador quando está dentro de campo. Contudo, vale destacar que na temporada passada, o atacante atuou mais tempo nos gramados, totalizando 2.544 minutos jogados. Em 2020, jogou 1.705 minutos. Os dados publicados foram retirados do site SofaScore.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Gabigol tem sido o grande comandante do Flamengo nesta reta final do Brasileirão. O jogador foi o autor do gol da virada sobre o Internacional e chegou a 70 gols em 101 jogos com o Manto Sagrado. Para o próximo duelo, o camisa 9 terá mais uma missão importante pela frente: ser decisivo mais uma vez e conquistar a taça.

Flamengo e São Paulo se enfrentam quinta-feira (25), às 21h30 (horário de Brasília), no Morumbi, pela 38ª rodada do Brasileirão. Atualmente, o Rubro-Negro é o líder com 71 pontos, enquanto o Internacional é o segundo colocado com 69. Sendo assim, o clube carioca precisa apenas de uma vitória simples para garantir o título, no entanto, em caso de empate ou derrota, a conquista dependerá do resultado entre o Colorado e Corinthians, no Beira-Rio.

Veja também