Estreia de Zé, partidaça de Muralha e golaço de promessa. Relembre último Fla x Ponte em Campinas

O dia era 29 de maio de 2016. O palco era Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Em campo, Flamengo x Ponte Preta, em uma das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Fora das quatro linhas, o Mais Querido passava por dificuldades. Na semana que antecedeu o confronto, o técnico Muricy Ramalho pediu afastamento do clube devido a problemas de saúde. Quem comandou o time, a beira do campo, foi o interino Zé Ricardo, ainda treinador das categorias de base.

Com um início de temporada ruim, caindo nas semifinais do Campeonato Carioca e sendo eliminado na segunda fase da Copa do Brasil para o Fortaleza, o clima do time com a torcida não era nada bom, com direito a discussão entre jogadores e torcedores, dias antes da peleja.

O Flamengo venceu o confronto muito mais na base da raça e vontade do que propriamente na técnica. Wellington Paulista abriu o placar para os mandantes, aos 12 minutos do primeiro tempo. Oito minutos depois, Alan Patrick cobrou falta na área, e o atacante Felipe Azevedo mandou contra o próprio patrimônio. 1 a 1.

Aos 42 minutos, o lateral esquerdo Jorge recebeu de fora da área e acertou um belo chute para virar o confronto. 2 a 1, placar que se manteria até o apito final.

O jogo ficou tenso quando Fernandinho recebeu o segundo cartão amarelo, aos 17 minutos do segundo tempo, e foi expulso, deixando o Mengão com 10 em campo.

A Ponte pressionou, mas parou em Alex Muralha, que fazia sua segunda partida como titular (Paulo Victor, titular, sentiu antes da bola rolar). Antes, o então recém-chegado goleiro só tinha começado jogando em uma oportunidade: contra o Bangu, pelo Campeonato Carioca (onde defendeu o único pênalti em sua trajetória, até então, pelo Mais Querido).


Veja mais:


Naquela partida, o Flamengo atuou com Alex Muralha, Rodinei, Léo Duarte, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick (Cuéllar); Marcelo Cirino (Ederson), Fernandinho e Felipe Vizeu (Gabriel).

Já a Ponte Preta, comandada por Eduardo Baptista jogou com João Carlos, Jeferson, Kadu, Fábio Ferreira e Reinando; Matheus Jesus (Thiago Galhardo), João Vítor e Ravanelli (Cristian); Felipe Azevedo, Wellington Paulista (William Pottker) e Roger.

Flamengo e Ponte Preta voltam a se enfrentar em Campinas (SP), no Estádio Moisés Lucarelli, nesta segunda-feira (02), às 20h, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Relembre os melhores momentos:

https://www.youtube.com/watch?v=3IFglx7L0dY