fbpx

O Halloween Rubro-Negro! Outubro manteve as bruxas na Gávea

O mês de outubro foi tão ruim para o Flamengo que até o Word resolveu implicar comigo. Vamos seguir o jogo. Meus amigos de Coluna do Flamengo, nosso aproveitamento só não foi pior que setembro. Vencemos três partidas, empatamos e perdemos duas, com aproveitamento de 52,38%. Fizemos apenas 7 gols, 1 nos últimos três jogos. Deve ser coincidência que não tivemos Guerrero. Curioso que dos três que ganhamos, o peruano esteve em dois. A outra partida dele no mês foi um empate contra o Fluminense em que entrou no segundo tempo após voltar da seleção. E olha que ele passou em branco esse mês!

Tomamos 5 gols. A média é de 0,71 por jogo. Precisamos diminuir. É até difícil levarmos gol, mas o mesmo se aplica a fazê-lo. Outra curiosidade é que nas derrotas não tínhamos Juan em campo. Com o camisa 4 na cancha levamos apenas 2 gols, um contra de Pará e outro de pênalti que o próprio Juan cometeu, outro quesito que temos que observar. Cometemos dois este mês.

Vale destacar que Réver com 3 e Diego com 2 gols foram nossas referências num mês pobre em bolas na rede. Éverton deu duas assistências e Berrío uma. Ou seja, não marcamos em jogadas trabalhadas, e quando há um assistente, geralmente, é de uma jogada de bola alçada. Aliás é fácil de avaliar a jogada. Os três gols de Réver foram de bola alçada. Só. Tá na hora de trabalhar novas opções. Os cartões amarelos voltaram a nos assombrar. Levamos 16! Pará, Berrío, Paquetá e Juan com dois cada se destacam. Solidários no quesito…

Dos quatro da base apenas Sávio não jogou. Deixou má impressão na última partida. Paquetá (403), Vinícius (49) e Vizeu (44). Não esqueçamos que Vinícius teve lesão e Diego Alves tornou-se titular absoluto no gol. Apenas Léo Duarte não recebeu oportunidades, imagino que pelo jogo ser contra o Vasco. No rodízio de Rueda, parecia a próxima opção.

Em novembro teremos aquela sequência de jogos contra times de mais peso. Começando pelo Fluminense via Sul-Americana, depois Grêmio fora, Cruzeiro em casa, Palmeiras e Coritiba fora, e Corinthians e Santos em casa. Pelejas que marcarão os antecedentes das semifinais e provavelmente a debandada do Flamengo do Campeonato Brasileiro de vez. O calendário é massacrante e temos visto aqui mês após mês como é prejudicial.

Difícil prospectar qualquer coisa com esse time montanha-russa, no quesito técnico. São só pedreiras, mas podemos imaginar que o Grêmio nos enfrentará com time reserva e podemos vencê-los desta forma. Empate com o Palmeiras e vitória contra o Coxa seria muito bom. Temos obrigação de vencer o Corinthians e Santos em casa, devido a atual vulnerabilidade destas equipes. Claro que é ter muita fé. O Flamengo adora levantar times caídos. Provavelmente vai acontecer de novo, mas um planejamento ponto a ponto é assim. Os jogadores precisam saber que não estão batendo as metas. Dos 11 pontos que deveríamos ter feito no mês passado ficamos com 8. Este mês deveríamos ao menos fazer 12, quantos você acha que faremos? Nem dá mais para pagar a pontuação que estamos devendo. São 15 no total. Ficou para o ano que vem, mesmo.

Como disse antes, as semifinais da Copa Sul-Americana devem ser nos dias 22 e 29. Temos que ir para cima deles com tudo. Pena Réver ter se machucado justo agora. Ah, Marcos Júnior, nem vou falar o que eu penso… Berrío também é outra baixa sofrida. Desta vez o departamento médico não teve culpa, ao menos.


Veja mais:


E você? Tem outra sugestão? Não vale dizer que tem que ganhar tudo! Eu também quero ver o Flamengo ganhar tudo, mas com o atual cenário, você acha que vai acontecer? Vai pra cima deles, Mengo!

Alea Iacta Est!

Anderson Alves, O otimista.

3 Comentários

  • Assim como o Outubro trouxe o Halloween, espero que o Novembro traga o Thanksgiving! Ou seja, que estejamos com a vaga na Liberta garantida, e quem sabe classificados para a final da Sula.

  • Um absurdo comparar um jovem como Paquetá, improvisado numa posição que não é a dele, com um especialista na posição, veterano cascudo e numa das fases mais ‘goleadoras’ como o Guerreiro!

    Tirando isso, o restante da análise foi bem sensata.

    Uma coisa que fica clara é que não existe substituto a altura para o Guerreiro neste elenco! É preciso contratar um jogador pra disputar posição com o Peruano para 2018..

    Então não adianta manter o Guerreiro como titular absoluto e questionado pela torcida. Não será bom pra ninguém..

    Quanto ao restante do ano, não acredito em vaga pra Libertadores, em titulo algum, nem em G7! Esse time não nos dá nenhum motivo pra acreditar, exceto a mistica da nossa camisa rubronegra, pode fazer algum milagre ainda..

    Por mais absurdo que pareça, Rueda precisa poupar o Everton Ribeiro para jogar somente na Sulamericana nessa reta final, coloquem sem medo o Gabriel na ponta direita pois ele ja fez essa função melhor que o Geovanio vem fazendo. Precisamos de um ataque mais veloz e jovem no brasileiro, com: Vizeu, Vinicius Jr ou Everton Cardozo, Paquetá, Gabriel, Diego35..

    Se perdermos Everton Ribeiro por lesão, jogaremos o fim dessa temporada e o inicio da proxima no lixo!

    Se existir alguma chance de sucesso nessa temporada, ela com certeza deve passar por uma estrategia perto disso..

    SRN

  • Criação de sites e aplicativos para celular