Lomba explica sua versão sobre briga pela cor azul nas eleições do Flamengo

FOTO: REPRODUÇÃO/FLAMENGO

O Flamengo entra em campo nesta sexta-feira (05), para enfrentar o Corinthians, às 21h (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, mas o que tem fervido na Gávea é o momento político do clube. Dessa vez, o vice-presidente de futebol e candidato à eleição presidencial no final deste ano, Ricardo Lomba, se pronunciou através de nota sobre a briga das chapas pela cor azul.

Na visão de Lomba, a chapa foi atrás dos seus direitos democráticos, tendo em vista que o presidente do Conselho de Administração, Bernardo Amaral, impediu que isso fosse feito, segundo o candidato. Além disso, o vice-presidente explica que seguiram o Estatuto desde o início, e quem descumpriu foi a oposição e seus apoiadores.

Apesar da Chapa Azul garantir que seguiram o Estatuto, o presidente Eduardo Bandeira de Mello vai ser investigado e será chamado para prestar depoimento, por ter entrado na justiça comum para resolver este caso. Segundo as normas, o que fora decidido pelos Conselhos do Fla, não pode ser contestado na justiça comum. As possíveis sanções podem ser a suspensão, a eliminação ou a perda do mandato de Bandeira.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos, para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


Leia a nota na íntegra:

Prezado Associado,

Diante das mentiras espalhadas pela chapa de oposição, nós, chapa Chapa Azul, nos sentimentos na obrigação de vir a público esclarecer sobre o conflito relativo à inscrição das chapas concorrentes para as eleições presidenciais do Flamengo.

Desde a inscrição das chapas, a oposição tenta, na marra, ser azul e confundir o eleitor. Porém, é notoriamente sabido que, nas duas últimas eleições, o presidente Eduardo Bandeira de Mello foi eleito e reeleito pela Chapa Azul, cor que simboliza o resgate da credibilidade e a evolução administrativa e financeira do Flamengo nos últimos 6 anos.

Nada mais natural que nesta eleição, o seu candidato, Ricardo Lomba, utilizasse a mesma cor. É ele o candidato de continuidade da gestão. É ele quem conta com o apoio de todos os Vices-Presidentes departamentais, que compõem o Conselho Diretor.

Mas a chapa concorrente insiste, desde então, subverter o artigo 151 parágrafo 2° do Estatuto do Flamengo, que dá a preferência da cor “àquele que primeiro protocolar o seu requerimento”, usando de seu pior expediente. E a verdade é que, nós, da Chapa Azul, chegamos primeiro, conforme registro de acesso ao clube.

O presidente do Conselho de Administração, Sr. Bernardo Amaral, entrou no jogo da oposição, ignorou o Estatuto do clube e cometeu uma série de atos arbitrários, num claro favorecimento à Chapa de Rodolfo Landim: nomeou uma Comissão Eleitoral composta de apoiadores públicos da chapa de oposição; determinou que nossa chapa não utilizasse a cor azul; recusou-se a encaminhar nossos recursos ao plenário do Conselho de Administração; indeferiu monocraticamente todos os nossos pedidos; ameaçou nossa chapa de sanções não previstas no Estatuto; e tentou regular nossos encontros fora do clube com os associados.

Sem alternativa de diálogo, ingressamos com uma ação judicial em face do clube, em trâmite na 34ª Vara Cível do Rio de Janeiro, para fazer prevalecer o Estatuto Social do Flamengo e um processo eleitoral regular e democrático.

Inconformado, o Sr. Bernardo Amaral ainda ingressou no processo em nome do Conselho de Administração, que é um órgão interno do clube, sem personalidade jurídica, utilizando indevidamente o CNPJ do Flamengo. Pior, contratou escritório de advocacia, sem competência para isso e desconsiderou que somente o Presidente do Flamengo tem poderes para representar o clube em juízo.

No último dia 27 de setembro, o excelentíssimo Juiz Titular daquela Vara deu ponto final à questão, com sentença a favor da Chapa Azul, assegurando o registro de nome e a utilização da cor azul por nossa chapa.

O que estava em jogo era o desrespeito ao nosso Estatuto e à democracia rubro-negra. E isto não permitiremos.

Como dizia o grande escritor rubro-negro José Lins do Rego, o Flamengo “é clube do povo, é clube de gente que é, por essência, de seiva democrática”.

Isso aqui é Flamengo!
Saudações Rubro-Negras”

Veja também

  • Este acordo joelson se deve ao fato de o candidato original nem pode ser por conta de não ser associado ao clube pelo período mínimo de 5 anos. Bandeira se mostrou sempre político e um verdadeiro rubro negro, administrando o clube de forma correta e sem corrupção. Quem quer o poder a todo custo, inclusive torcendo e desestabilizando o time é esta chapa do BAP, todos sem caráter e amor pelo mengão

    • Tem certeza do que fala, acéfalo?
      Um presidente que faz banana para torcida.
      Que afasta os pobre cobrando preços absurdos.
      Que fez a ilha do Urubu, pagando mais de 30 milhões…On deestá a ilha agora? Sendo que podia ter realizado na Gávea.
      Que autoriza a compra de 4 milhões no “Muralha”, 18 milhões no Cirino, 16 milhões no Dourado, 45 milhões no Vitinho, ….
      Salários de 1 milhão a Guerrero, 600 mil a Geovânio, 250 mil Rômulo, ….
      Onde está o dinheiro da venda de Vizeu, Vinicius Junior, Everton, ….
      A venda do morro da viúva, onde está a grana?
      Me responde estas perguntas seu analfafabeto funcional.

      EBM muito honesto, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • A verdade é que o Sr. Bandeira foi picado pela mosquinha azul do poder e se apegou. O acordo era para a renovação constante, com cada presidente ficando apenas um mandato, mas Bandeira deu um “golpe” – e olhe que não gosto desse termo por conta de sua utilização na política nacional – na verdadeira chapa azul, que o colocou no poder.
    Bandeira tinha tudo, e mais um pouco, para sair como maior presidente da história do Fla, mas optou sair pela porta dos fundos, como muitas das outras raposas que, infelizmente, ainda frequentam e tem influência no clube. Não voto, porque não sou associado para tal, mas torço muito para uma vitória da verdadeira chapa azul, com Landim, Bap e outros. Os vídeos do Bap, de antes da primeira eleição, certamente ainda estão no youtube e foram eles que me fizeram ganhar a simpatia pelo grupo. Nunca vi o Bandeira aparecer nos vídeos. Bandeira tem o meu respeito e até certa gratidão, mas minha decepção com seu apego ao poder é muito maior, infelizmente.

    • falou TUDO e mais um pouco…a verdade sempre vem a tona. EBM é um traidor.

Comentários não são permitidos.