Mauro questiona atitude de Diego Alves e compara com Cássio, Prass e Jefferson: “Não é um goleiro tão seguro assim”

FOTO: GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

O Flamengo venceu o Paraná, por 4 a 0, neste domingo (21), mas um dos assuntos mais comentados foi a barração de Diego Alves do time titular, e o fato de o goleiro ter pedido para não viajar com a equipe, por não aceitar ser reserva de César. Por isso, no programa Linha de Passe, da ESPN, o jornalista Mauro Cezar Pereira falou sobre o tema.

O fato de Diego Alves ter sido barrado, é uma maneira do treinador Dorival Júnior demonstrar que haverá meritocracia no plantel, algo muito pedido por parte da torcida. Por isso, o jornalista ponderou que o goleiro não é tão seguro, questionando a postura do jogador ter optado por não viajar com o elenco.

Primeiro que eu acho que o Diego Alves não é um goleiro tão seguro assim. Tem alguns jogos que mostram isso, além de outros que ele hesitou e eu não vou lembrar. Fez ótimas partidas também, grandes defesas, mas ele não é um goleiro tão seguro. Não acho que a presença dele transmita uma segurança absurda —, disse o jornalista.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


A justificativa de Diego Alves, é que ele tinha que resolver “questões pessoais“. No entanto, tal atitude do arqueiro não pegou bem com os jogadores, comissão técnica e dirigentes, gerando um certo mal-estar. Mauro Cezar, contudo, aproveitou para comparar esta situação, com os casos vividos por Cássio, ídolo do Corinthians, Prass, ídolo do Palmeiras, e Jefferson, ídolo do Botafogo.

Agora, o Cássio… Se o Cássio pendurar no pescoço todas as medalhas que ganhou no Corinthians… Vai ter que fazer fisioterapia para a cervical. Porque já ganhou tudo. Foi reserva do Walter em um dado momento. Não esperneou, viajou, pegou o avião, foi para a concentração. O Prass foi herói de uma conquista de Copa do Brasil pelo Palmeiras e virou terceiro goleiro. Não reclama. Está lá, eventualmente ele joga —, falou Mauro, que prosseguiu:

O Jailson foi campeão brasileiro, quando o Prass se lesionou, ninguém sabia direito quem era, depois, em um dado momento, perdeu a posição de novo. Está lá, esperando a vez dele, treinando, como deve ser. O Gatito Fernandes estava bem, e o Jefferson foi banco no Botafogo. Ano passado, em uma grande fase do Botafogo, com o Jair Ventura, na Libertadores, e o Jefferson ficava no banco. O Gatito pegando pênalti para xuxu —, comparou.

Diego Alves deve sofrer punição dos dirigentes, porém, para que volte a ser relacionado ou para que volte à jogar, ele terá que pedir desculpas aos companheiros de equipe. Sobre isso, o comentarista indagou o fato de Diego Ribas ter aceitado ficar entre os reservas, questionando assim o motivo do camisa 1 ter se rebelado. Por fim, Mauro voltou a dizer que Alves não transmite tanta segurança.

Por que o Diego Alves não pode? Qual o problema? Por que o Diego Ribas pode ficar no banco, e ele não pode? Aquela coisa… Não tem como voltar atrás. Eu não acho que ele seja essa segurança toda. Qualquer um dos dois podem falhar, como o Diego Alves falhou contra o Corinthians. —, finalizou Mauro Cezar.

Após a goleada sobre o Paraná, o time se reapresenta nesta terça-feira (23), e a postura de Diego Alves será o divisor de águas e ajudará a definir o futuro do jogador no Flamengo. A principio, será necessário que o atleta peça desculpas a todos, principalmente a César, à comissão técnica e aos dirigentes rubro-negros.

Veja também

  • Concordo plenamente com o Mauro, e posso enumerar os erros dele, pois não os esqueci.
    1- Contra o Sport, o zagueiro cabeceou da marca do pênalti e marcou, e ele nem foi na bola, fez golpe de vista. O Flamengo venceu o jogo.
    2- Contra o São Paulo, no Maracanã, não cortou o cruzamento que caiu na pequena área, ficou pregado debaixo da baliza, e Éverton entrou e marcou. O Flamengo perdeu.
    3- Contra o Grêmio, na Arena, pela CB, Luan finalizou da marca do pênalti, e ele lá paradão debaixo da baliza, nem foi na bola. O Flamengo empatou no fim.
    4- Aquele gol ridículo contra o Ceará, no Maracanã. Um chute de longe, defensável, que ele aceitou. O Flamengo perdeu.
    5- Contra o Atlético-MG, no Maracanã, não cortou o cruzamento de Luan, na pequena área. Léo Silva subiu e marcou, e ele lá, pregadão debaixo da baliza. Sorte que Paquetá desempatou e o Flamengo ganhou.
    6- Os dois gols contra o Corínthians, na Arena, pela CB. No primeiro, não saiu pea cortar o cruzamento de Jadson na pequena área. O zagueiro entrou livre e marcou, e ele lá pregado debaixo dos paus. No segundo, já lesionado (devia ter saído no intervalo), pulou atrasado no gol do Pedrinho. O Flamengo foi eliminado da CB.
    Tem mais, mas fico por aqui. Não sai do gol, gosta de fazer golpe de vista, e só faz suas “defesas incríveis” em chutes de fora da área. Rara é a vez em que consegue fazer uma defesa em chutes de dentro da área. Nunca me transmitiu confiança. Por causa dele e de sua vaidade fomos eliminados da CB e perdemos 6 pontos preciosos no Brasileiro, já que estaríamos hoje 2 pts à frente do Palmeiras. Que “números” são esses que mostrou para a Conissão Técnica, provando que ele está (ou é) melhor do que César, nesse momento ou em qualquer outro momento?
    Nossa prata da casa está num momento melhor, é muito seguro e transmite confiança ao time e à torcida, ao contrário desse “caçador de borboletas” vaidoso e marrento. E já não é a primeira vez que tem faniquitos quando vai parar no banco, já tendo sido punido por isso no Valência-ESP.
    Quando se perde a confiança dos companheiros, por uma razão dessas, é quase impossível recuperar ou reverter o quadro. O cristal rachou, e a marca da rachadura não desaparece. E como dificilmente irá se desculpar com o grupo (principalmente com César), duvido que Dorival o escale novamente. Sendo assim, seria melhor afastá-lo e negociá-lo enquanto não perde de vez seu valor de mercado, pra matar uma crise inoportuna nesse final de campeonato, que esse irresponsável quis criar. O Flamengo é muito maior do que qualquer vaidade pessoal.

  • Pra mim ele tem de ficar ficamos a muito tempo procurando um goleiro top agora que achamos vamos liberar o cara pra que?, e outra como que o Diego Alves e lider da bola de pratae não passa confiança, ai se o plameiras ou qualquer putro clube levar ele, ja passa a ser o melhor do brasil kkk imprensa paulista e fod**

  • Diego Alves tem quer ser punido… senão vira bagunça….Flamengo é maior que tudo.. e o Diego Alves Faltou com respeito com o Cesar que é cria do Flamengo.

  • Diego Alves tem que ser punido sim, ele tem que saber que a entidade (FLAMENGO E MAIOR QUE ELE fora o desrespeito com César que está melhor que ele, Dorival tem que punir

  • Falha como todos falham. Problemas pessoais…conta outra né. A verdade está clara até pela reação da Diretoria. Se fosse por problemas pessoais, porque a diretoria iria punir o cara? Claro que não foi isso, fora que Diego Alves já tinha feito isso antes na Europa. É marra mesmo e falta de profissionalismo. Sem papo, é punir exemplarmente. FICA QUEM QUER E NADA E NINGUÉM É MAIOR QUE O CRF.

    Ontem o chato no Jorge Nicola ficava teimando em enaltecer o currículo do cara…só ele quem ficava. Um chato de galocha. Ninguém esta falando disso, se trata de uma atitude equivocada por parte dele e tem que ser punido exemplarmente. Coisas bem distintas. Programa da ESPN ontem. Aliás esse cara é um chato meu…não suporto ele dando uma de dono da verdade o tempo todo. Nada ele aceita (J. Nicola). Um porre. Fora que é um fofoqueiro e só.

Comentários não são permitidos.