Derrota para o Botafogo põe fim no sonho de título, e Flamengo intensifica planejamento para 2019

FOTO: VENÊ CASAGRANDE/COLUNA DO FLAMENGO

Por: Igor Dorilêo e Venê Casagrande

Um ano que começou cheio de boas expectativas, está perto de acabar de maneira melancólica para o Flamengo. Ao perder para o Botafogo, no sábado (10), a equipe rubro-negra praticamente deu adeus ao sonho de ser campeão brasileiro, e assim salvar a temporada. Internamente, o clube intensifica os planejamentos para 2019, por entender que 2018 chegou ao fim.

Apesar da eleição para presidência do Flamengo estar batendo à porta (8 de dezembro), a atual diretoria já trabalha para deixar o elenco o mais próximo do considerado ideal para iniciar a próxima temporada. Além disso, a posição final do Fla no Brasileirão terá interferência direta nas decisões, já que se ficar em quinto ou sexto, terá que disputar a pré-Libertadores. Reuniões já nesta semana devem acontecer.


Compre capinhas oficiais do Mengão para seu celular. São diversos modelos para você escolher o que mais combina contigo. CLIQUE AQUI para conferir!


As carências identificadas pela diretoria rubro-negra foram confirmadas na derrota por 2 a 1 para o Botafogo. Um goleiro, dois laterais, um zagueiro, um meia, e um atacante. Para essas posições deverão chegar reforços na Gávea. Diante de muitos nomes oferecidos, o departamento de futebol ainda analisa cada caso para definir alvos com o perfil imaginado.

Outra preocupação do clube, é se desfazer de jogadores que geram altos custos na folha salarial, mas não são muito utilizados. Geuvânio e Marlos Moreno são dois que se enquadram nessa situação. Ambos têm contrato de empréstimo terminando no fim do ano, e não irão permanecer. Outros como Trauco e Rômulo possuem vínculo longos com o time carioca, mas devem ser negociados. A intenção é de “corrigir os erros” nesta janela.

Após ser eliminado na semi do Estadual, cair nas oitavas da Libertadores, e dar adeus à Copa do Brasil na semifinal, o Flamengo viu o Botafogo pôr um “ponto final” mais uma vez nos sonhos rubro-negros, agora no Brasileirão. Para encerrar o ano, restam cinco partidas. Santos, Sport, Grêmio, Cruzeiro e Atlético-PR são os adversários. O próximo desafio é contra o Peixe, no Maracanã. O confronto acontecerá na próxima quinta-feira (15), às 17h (horário de Brasília).

6 Comentários
  • Obviamente não foi o medíocre botafogo que praticamente tirou o Mengão do título.
    Tivemos equívocos consideráveis, muito antes do jogo de ontem, a começar pela insistência em efetivar o jovem e promissor Barbieri no comando da equipe. A troca de Thuler por Réver, ainda que o capitão tenha feito gols importantes, foi ruim para o setor defensivo. A entrada de Pará também foi outro equívoco. Pará defende mal e apoia com deficiência, enquanto Rodinei, pelo menos, empurra a equipe para frente e impõe velocidade pela direita. Nitidamente, ER7 produz muito mais ao lado de Rodinei. A titularidade oncontestável de Paquetá, para mim, prejudicou a equipe e ao jogador. Paquetá prende bola em demasia e costuma perdê-las em condições de extrema dificuldade para os defensores.
    Por fim, acho que as derrotas sofridas para Chape, Ceará e São Paulo foram muito mais importantes do que a de ontem, até por se tratar de um clássico, ainda que o botinha esteja capenga, quase, mais uma vez, no vexame de uma segundona.

    • Concordo parcialmente com o seu comentário. Rever tem sua produtividade decrescente (e visível), fato este da sua contestação no momento, acredito que o banco tem o caráter regeneratório. O questionamento “Pará/Rodnei ” é infrutífera, Rodinei é nulo na marcação, tem lampejos no ataque, mas a característica marcante, na atualidade que é o cruzamento, peca miseravelmente. Pará não veio ao Flamengo para a titularidade e sim para compor elenco (questionamentos abaixo por favor) tem um apoio sutil no ataque e falhas na defesa, mas ainda o prefiro ao Rodnei, lógico que necessitamos de um titular para a posição. Paquetá simplesmente sucumbiu ao protagonismo, a idade pesou, desejo sorte e sou grato por tudo o que fez, mas pesou e muito a insolência.

  • O Flamengo mais frouxo da historia. O Flamengo de Diego. A covardia desse time é absurda. Diego, ER e Rever devem ser chutados dos Flamengo.

  • Reformulação geral nesse elenco , chega !! Time omisso demais , falta gana sangue nos olhos , o famoso querer . Montar um time competente sem grandes estrelas e sem ser tão milionário .
    César , Gilberto (Flu), Leo Duarte , David Braz (jogando na Turquia)e Jorge (Porto) , Cuellar , Elias (galo), Rodriguinho (ex Corinthians) , Everton Ribeiro , Vitinho e Jô

  • O trauco e Rômulo eu daria oportunidades no carioca pq o trauco e melhor que o Renê pode ser bom pra compor elenco e o Rômulo também ele tem qualidade já mostrou isso creio que com uma boa sequência ele dá retorno quando Aos laterais manda os dois direitos embora negocia e traz um bom lateral direito e esquerdo e usa a base.hnrrique batedor de penalt,geuvanio,Marlos,rever deichem eles irem embora.

  • Criação de sites e aplicativos para celular