No combate ao #COVID19, Fla libera utilização gratuita da marca para produção de máscaras higiênicas

FOTO: REPRODUÇÃO/FLAMENGO

Com a sociedade passando por momentos difíceis por conta do coronavírus, o Flamengo tem feito a sua parte para ajudar quem mais precisa neste momento. O Mais Querido agora está liberando a sua marca para a produção de máscaras higiênicas para pessoas físicas ou microempresas, com faturamento anual de até R$ 180 mil.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


O clube foi procurado por diversas empresas para poder querendo licenciar, com exclusividade, as máscaras. Visando ajudar o maior número de pessoas possíveis, a diretoria rubro-negro tomou essa decisão.

– O combate à COVID-19 demanda cuidado com a saúde, responsabilidade e, acima de tudo, solidariedade. O Flamengo, consciente do seu papel na sociedade, também faz parte desta luta. Esperamos que as máscaras com a nossa marca, feitas diretamente pela população, ajudem a muita gente -, disse Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing.

A reportagem do Coluna do Fla trouxe a informação na última quarta-feira. Destacando a produção do álcool em gel oficial, mas abrindo mão das máscaras, para atingir o maior número de pessoas possíveis pelo Brasil todo.

O site e as redes sociais do clube irão divulgar tudo que será preciso para licenciar os produtos feitos. A ideia é de divulgar também as máscaras mais criativas que forem desenvolvidas neste período. A ação é da área de Licenciamento do Departamento de Marketing do clube, juntamente com a vice-presidência de Responsabilidade Social.



Confira as regras para o licenciamento

– Utilizar a marca disponível na matéria do site oficial referente ao lançamento da campanha e seguir as instruções presentes nos arquivos disponibilizados pelo clube;

– A marca não poderá ser aplicada em outros produtos. A autorização do uso é exclusiva para máscaras higiênicas, em razão da pandemia;

– Pessoas físicas e microempresas com receita bruta anual de até R$ 180 mil;

– As finalidades do produto devem ser uso pessoal e comercialização;

– O prazo de autorização do licenciamento é de 120 dias, ou seja, até o final de agosto de 2020. Após essa data não serão mais permitidas a produção e a comercialização das máscaras com a marca do Flamengo;

– Poderão utilizar e/ou comercializar a máscara pessoas físicas e jurídicas que se enquadrem nas regras citadas acima em todo território nacional.

Veja também