Bruno Henrique é o único representante do Flamengo na seleção da rodada da Libertadores

FOTO: REPRODUÇÃO/CONMEBOL

A fase de grupos da Copa Libertadores da América foi encerrada, e está definida a seleção da última rodada da competição. O Flamengo, que venceu o Junior de Barranquilla por 3×1, com um time praticamente todo reserva, emplacou apenas um jogador entre os 11 principais: Bruno Henrique.

Com o rei da América entre os titulares, o “time da semana” foi escalado com Rochet (Nacional), Kagelmacher (Peñarol), Alê (Delfin) e Viña (Palmeiras); Villarroel (Jorge Wilstermann), Sosa (River Plate), Faravelli (Del Valle) e Bruno Henrique (Flamengo); Pablo (São Paulo), Zampedri (U. Católica) e Teves (Boca Juniors).


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Após se classificar para as oitavas de final em primeiro lugar do grupo A, o Flamengo ficou no pote 1 do sorteio do mata-mata, que foi realizado nesta sexta-feira (23), e já conheceu o seu primeiro adversário rumo ao tri: o Racing, da Argentina. As partidas serão disputadas nos dias 24 de novembro e 01 de dezembro, e o Mais Querido terá a vantagem de decidir em casa.

Caso se classifique, o Flamengo pode enfrentar Internacional ou Boca Juniors, nas quartas de final. Seguindo com as possibilidades do chaveamento, na semifinal, o Rubro-Negro poderá enfrentar brasileiros ou estrangeiros: Grêmio e Santos, LDU, do Equador, e Guaraní, do Paraguai.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *