Catarse! Eleito o melhor curta-metragem do mundo, filme sobre bi da Libertadores deve ser disponibilizado para rubro-negros

FOTO: REPRODUÇÃO 


Por: Paula Mattos e Guilherme Calvano

A histórica final da Copa Libertadores de 2019, entre Flamengo e River Plate, que deu ao Mais Querido o título de campeão da América, foi eternizada no coração de cada torcedor e, também, nos telões. O triunfo do Rubro-Negro deu vida ao filme “Catarse”, que traduz o sentimento de cada membro da Maior Torcida do Mundo que esteve em Lima, no Peru, para acompanhar o Mengo na busca pelo tão sonhado bi.

Dirigido por Daniel Brunet, “Catarse” mostra, com detalhes exclusivos, a movimentação da Nação, que reuniu torcedores de todas as partes do mundo em prol de um único objetivo: jogar junto com o Flamengo e conquistar o desejado troféu. O documentário, que não foi disponibilizado para torcedores, foi campeão do prêmio Cinefoot de melhor curta-metragem do mundo. Em comemoração à conquista, o filme deve ser liberado para todos os rubro-negros.

Em contato com a reportagem do Coluna do Fla, o diretor e idealizador do documentário, produzido de forma independente, celebrou o feito de ser eleito o melhor curta do país, com voto popular, na maior premiação do cinema brasileiro e, também, da América Latina.

– É como ganhar a Copa Libertadores! Vencer o Cinefoot com a bênção do voto popular é uma emoção muito grande. Esses votos deram ao “Catarse” um banho de glória… um banho de glória eterna. Obrigado a todos que votaram, obrigado à organização do CineFoot por ter selecionado um filme independente, feito com raça, amor e paixão -, disse.

“Catarse” venceu a categoria mais disputada do festival: a Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem. O documentário sobre a histórica virada do Flamengo sobre o River Plate disputou com 38 filmes, entre nacionais e estrangeiros. Com a medalha de ouro garantida, a expectativa é de que “Catarse” chegue aos rubro-negros de todo o Brasil.

– Que a glória eternizada naquele 23 de novembro de 2019 siga emocionando e inspirando as pessoas. Quero levar o filme até a torcida rubro-negra. Nunca esqueceremos o que vivemos em Lima. E se a pandemia der trégua, pretendo organizar um tour pelas embaixadas do Flamengo pelo país”, garantiu Daniel Brunet.

FICHA TÉCNICA:

Direção e roteiro: Daniel Brunet

Montagem: Renato Arruda e Daniel Brunet

Câmeras: Daniel Brunet, Erika Rodrigues, Fernando Moraes, Genilson Júnior, Rafael Agra, Samir Pinto e Camilo Coelho.

Direção de arte: Sandro Mesquita

Trilha sonora e edição de som: Well Reis

Colorista: Tomás Magariños

SINOPSE: De todos os cantos do mundo, torcedores do Flamengo vão à Lima, no Peru, ver a final da Copa Libertadores de 2019. Eles levam no peito um caldeirão de emoções. Medo e esperança se misturam até que um chute preciso muda a História.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Quer encontrar uma mulher para uma noite? Bem – vindo ao — S︆︆e︆︆xc︆︆o︆︆n︆︆t︆︆.︆︆C︆︆o︆︆m