Flamengo encerra Copa do Brasil com média de quase dois gols sofridos por jogo

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

O Flamengo encerrou sua participação na Copa do Brasil nesta quarta (18). A equipe rubro-negra perdeu para o São Paulo por 3 a 0 no Morumbi e deu adeus nas quartas de final. Com muitos desfalques e um sistema defensivo desorganizado, o Mais Querido foi alvo fácil. Em suma, o Fla fechou a campanha com média de quase dois gols sofridos por partida na competição.

A estatística, curiosamente, foi salva pelo goleiro Hugo Souza. Na primeira partida do Mais Querido na competição, contra o Athletico Paranaense, fora de casa, o jovem fechou o gol. Foram duas defesas difíceis e um pênalti defendido, garantindo, assim, que a meta rubro-negra não fosse vazada. Porém, após o duelo, o clube carioca desandou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Nos três últimos jogos que disputou na competição, o Fla sofreu sete gols. Dois contra o mesmo Athletico, no Maracanã, e mais cinco contra o São Paulo. Certamente, este foi um dos piores desempenhos defensivos do Mais Querido na competição. Além disso, mesmo com o ataque poderoso, os desfalques e as chances perdidas pesaram, e o Rubro-Negro terminou com menos gols pró, do que contra (7 a 5).

Virando a chave, o Flamengo volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Nele, os comandados de Rogério Ceni enfrentam o Coritiba no sábado (21), às 19h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida será exibida pelo Premiere FC, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido no comando.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • FAZEMOS DESBLOQUEIO DOS CANAIS PREMIERE, TELECINE, HBO, COMBATE E CANAIS ADULTOS PARA ASSINANTES DE TV POR ASSINATURA DE QUALQUER LUGAR DO BRASIL E TAMBEM REDUZIMOS O VALOR DA FATURA
    SÓ PAGA DEPOIS QUE O SERVIÇO FOR FEITO
    WHATSAP 11967425209

  • Tem cara jogando “no automático”, com as mesmas jogadas manjadas de tocar a bola pra trás, sem sequer olhar para quem está passando… Foi assim que o atacante do chupaulo recebeu a bola do Arão. Isso já está manjado. Os adversários até decoraram a forma simplória, sem variações, de o Flamengo jogar. Não bastasse isso, parece que tem um CAVALO DE TROIA entregando a escalação… É isso?