Arrascaeta pede foco ao Flamengo para ganhar Brasileirão: “Temos que aproveitar o momento”

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Vivíssimo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Flamengo se prepara para enfrentar o Corinthians, no próximo domingo (14), em partida válida pela 36ª rodada da competição nacional. Antes das atividades desta quarta-feira (11), Arrascaeta concedeu entrevista coletiva e falou sobre o momento do Fla no torneio.

O uruguaio fez questão de ressaltar a grandeza do Rubro-Negro e reconheceu que, nem sempre, será possível o time ganhar tudo. Para o camisa 14, entretanto, o foco deve ser totalmente no Brasileirão, já que é isso que está ao alcance do Fla. Arrascaeta concluiu falando que, no momento, é fundamental pensar jogo a jogo.

A gente sabe que está em um grande clube. A gente sabe também que não é todo ano que vamos ganhar tudo. Tem rivais na frente, tem o momento do time. O que temos no alcance agora é o Brasileirão, então é focar nisso, para conquistar esse título importante por dois anos seguidos -, disse, antes de prosseguir:

A gente tem que aproveitar esse momento para chegar nas ‘três finais’ da melhor forma. A nossa motivação é ganhar do Corinthians, independente do que acontecer com o Internacional. Ainda estamos um ponto atrás do Internacional, então, temos que ter cautela e pensar jogo a jogo -, finalizou.

Prestes a completar 100 jogos vestindo o Manto Sagrado, Arrascaeta e seus companheiros se preparam para enfrentar o Corinthians no domingo (14), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. Em caso de triunfo rubro-negro, a equipe carioca assumirá a liderança do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na temporada.

No momento, o Flamengo ocupa a vice-liderança, com 65 pontos – um atrás do líder Internacional, que tem 66. Cabe lembrar que, nesta reta final de Brasileirão, o Mengo e o Colorado ainda se encontram em confronto direto na briga pelo título. O Alvinegro paulista, todavia, próximo adversário da equipe comandada por Rogério Ceni, está em oitavo lugar na tabela, com 49.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *