Ataque do Flamengo pode aproveitar ‘fragilidade’ na defesa do Internacional; entenda

FOTO: RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL

No último domingo (14), o Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 1 e se manteve firme na briga pelo título. Com 68 pontos, o Mais Querido possui um a menos que o líder Internacional e, dessa forma, pode assumir a ponta da tabela no confronto direto. No entanto, o duelo envolve duas equipes muito capazes e, com isso, será definido nos detalhes. Apesar disso, o Mengo terá uma ‘vantagem’, que o ataque poderoso poderá aproveitar para sair com a vitória.

Por certo, em números, a defesa do Internacional é a mais eficiente do Brasileirão. Ao longo de toda a edição, o Colorado foi a equipe que sofreu menos gols e, de quebra, a que cedeu menos finalizações certas. No entanto, o setor mais forte dos gaúchos possui uma fragilidade para o duelo contra o Mais Querido: irá com a dupla de zaga reserva. Victor Cuesta, unanimidade no sistema, está suspenso pelo terceiro amarelo, e Rodrigo Moledo, companheiro do argentino, está lesionado.

CONFIRA O G4 DO BRASILEIRÃO:

Internacional – 69 pontos
Flamengo – 68 pontos
São Paulo – 63 pontos
Atlético-MG – 62 pontos

Dessa forma, o ataque mais positivo da competição jogará diante de uma defesa reserva e sem entrosamento. Mesmo com a ‘balança’ conspirando ao favor do Mais Querido, o setor ofensivo do Fla tem seus próprios problemas, e neste caso não são os desfalques. Isso porque, segundo dados estatísticos, o Rubro-Negro é a equipe que mais desperdiça chances no Brasileirão. Dessa forma, se não for eficiente na ‘cara’ do gol, pode colocar em xeque todas as esperanças da torcida no título nacional.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A fim de assumir a liderança, elenco e comissão técnica mantêm o foco no confronto direto. Flamengo e Internacional se enfrentam neste domingo (21), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. A partida contará com exibição da TV Globo, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido no comando.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *