Rogério Ceni revela segredo para evolução do Flamengo e diz: “Não é como no Fortaleza”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Rogério Ceni carrega grande expectativa consigo, pois é apontado por muitos como o futuro treinador da Seleção Brasileira. Estudioso, o ex-goleiro chegou ao Flamengo em novembro de 2020 e não demorou para que fortes críticas caíssem sobre o seu trabalho. Contudo, o comandante pode terminar a temporada com o seu primeiro título relevante nacionalmente. Ele comentou um pouco sobre a evolução da equipe nos últimos jogos.

Em entrevista ao Esporte Espetacular, da TV Globo, Rogério Ceni apontou o ‘tempo de trabalho‘ como o segredo para a evolução do Flamengo, algo que tivera no Fortaleza, onde ficou três anos. No Rubro-Negro, o treinador precisou conhecer melhor as características dos atletas. Depois disso, ele pôde colocar quatro jogadores de armação para atuar ao mesmo tempo no time, sem nenhum de contenção no meio-campo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Eu não consigo fazer uma mudança, que é relativamente drástica, né?! No ponto de vista de sistema de jogo… Eu não lembro do Flamengo jogando, nem nos melhores momentos, com dois camisas 10 praticamente como dois homens de marcação e armação de jogo, e outros dois 10 na frente, que são Arrascaeta e Everton Ribeiro -, disse o treinador, antes de prosseguir:

Mas só o tempo permite você fazer essas alterações. Eu não posso fazer isso com 15 dias de trabalho. Tenho que analisar todos os jogadores, não tenho conhecimento na mão do elenco… Não é como no Fortaleza onde foram três anos, você começa um trabalho, mantém essa base, acrescenta jogadores. Então, foi surgindo naturalmente -, encerrou.

Rogério Ceni conquistou os títulos da Série B do Campeonato Brasileiro (2018), Campeonato Cearense (2019 e 2020) e Copa do Nordeste (2019). Agora, o treinador busca levantar o troféu do Brasileirão de 2020. Neste domingo (21), ele estará à beira do gramado na ‘final’ entre Flamengo e Internacional, pela 37ª rodada da competição nacional. A bola rola a partir das 16h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Na verdade não é convicção é mais teimosia,falar que Gabigol e Pedro ñ podem atuar juntos é pq ele ñ estou os jogos em que eles atuaram.
    Se for campeão e seremos será mais por causa dos jogadores e não dele.