Comentarista sugere ajuda financeira do Flamengo aos rivais cariocas: “Para o bem do próprio clube”

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Mais vitorioso e bem gerido entre os rivais cariocas, o Flamengo se destaca cada vez mais e aumenta sua soberania no Rio de Janeiro. Enquanto o Mais Querido acumula participações na Copa Libertadores e entra forte na briga pelo título do Brasileirão, os outros, com menor poder financeiro, jogam pela permanência na primeira divisão, em geral.

Para comprovar isso, na última sexta-feira (05), o Botafogo perdeu para o Sport, em casa, e foi rebaixado matematicamente para a série B, com quatro rodadas de antecedência. Em reflexão após o resultado desastroso para o Alvinegro, o comentarista Paulo Cobos, dos canais Disney, relembrou casos europeus e sugeriu uma ajuda do Flamengo aos rivais do estado.

Se o Bayern ajudou o Borussia Dortmund em 2004, por que o Flamengo não pode fazer um dia o mesmo com Botafogo, Fluminense e Vasco? Flamengo não tem tanto dinheiro como o Bayern, mas será soberano no Rio de Janeiro. Chegará a hora de ajudar seus rivais. Para o bem do próprio Flamengo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Focado na conquista do Campeonato Brasileiro, o Flamengo entra em campo, neste domingo (07). Às 20h30 (horário de Brasília), o Mengo visita o Bragantino em busca da quarta vitória consecutiva no Brasileirão. Para o duelo, o Coluna do Fla traz, como de costume, a transmissão mais rubro-negra da internet, com a voz de Rafa Penido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O Botafogo focou em “resolver” o problema dos meninos do ninho e esqueceu de cuidar do próprio quintal.
    Agora quer ser sustentado por aquele a quem só quis prejudicar?
    Temos que sentir pena mesmo?

  • O Botafogo focou em “resolver” o problema dos meninos do ninho e esqueceu de cuidar do próprio quintal.
    Agora quer ser sustentado por aquele a quem só quis prejudicar?
    Temos que sentir pena mesmo?

  • Manda ele ajudar com dinheiro dele, por mim quero que se lasquem!

  • Até concordo com os argumentos do Walker, mas por outro lado, temos que nos lembrar que, embora estas bostas de dirigentes estejam no comando, eles não são os clubes e estão aqui de passagem. As instituições são maiores que eles! Acaso, gostaríamos de ver o Flamengo maltratado por causa das gestões temerárias que tivemos no passado?
    O Flamengo deveria mesmo é se preocupar em reestruturar o futebol carioca, para torná-lo atraente e charmoso, como era no passado (e de quebra, ajudar os demais clubes no processo). Desde o final dos anos 90 é que não comemoro com alegria as conquistas de cariocas e as rivalidades gostosas que tivemos com esses clubes. Um belo carioquinha também ajudaria muito com as finanças do clube!

  • kkkkkkk Ajudar o Botafogo? Enquanto o mengão pensando no caixa queria voltar com os jogos, mesmo sem publico. O Botafogo por ideologia politica agia contra e contra o proprio clube que ja estava fudido. Que se fodam todos eles, se o Mengão não tiver mais adversário no Rio, que acabe o carioca e a gente fica só no brasileirão e nas copas !!!!! kkkkkkkkkk O Botafogo vai é acabar, isso sim………

  • Sr. Paulo Cobos, comece dando o exemplo, dê seu salário e quanto mais tiver de investimento ao Botafogo, Vasco e Fluminense, acho que isso vai incentivar o Flamengo, talvez até os torcedores do Flamengo!

  • Muita cara de pau.. Bayer domina completamente o futebol da Alemanha. Pode ajudar um time e segue totalmente dominante. Ninguém ficou preocupado que o time mais popular do Brasil ganhou 1 brasileiro na década de 90, 1 na década de 2000 e 1 na década de 2010? 3 títulos em 30 anos. Ninguém ficou preocupado que o time mais popular do Brasil vivia quase caindo? No cenário nacional o Flamengo ainda sofre muito pra ganhar. Apesar de termos o melhor elenco não existe essa diferença toda. Não temos nenhum Messi, Cristiano Ronaldo ou alguma estrela mundial. Maluco fala uma coisa dessa mal intencionado com certeza. É um misto de querer prejudicar com querer aparecer.

  • Cara tiram esse exemplo do Bayer como se fosse algum modelo a ser seguido. O Bayer todo ano faz a limpa nos times mais próximos e leva seus melhores jogadores. O Bayer eh soberano na Alemanha toda. Aqui a nível de Brasil o Flamengo ainda tem mitos concorrentes, o próprio Flamengo ainda n atingiu hegemonia nenhuma. Na hora que o flamengo fizer 8 campeonatos em 10 aí quem sabe poderia sugerir algo do tipo. Hj o clube ainda tem que tomar mto cuidados com seus investimentos e aparar mtas arestas

  • O sol nasceu pra todos. Base fazer uma boa administração e ser humilde em todos os aspectos da vida. O Flamengo conseguiu gestores envolvidos e comprometidos e agora usufrui dos resultados da boa administração.

  • Não me canso de contar essa história. Em 2016, preocupado com o futuro do futebol carioca, Eduardo Bandeira de Mello, então presidente do Flamengo e comandante da grande reestruturação do clube, chamou para uma reunião os presidentes de Botafogo (Carlos Eduardo Pereira, o tal de CEP), Vasco (Eurico Miranda) e Fluminense (Peter Simsen), justamente para oferecer ajuda e ensinar o “caminho das pedras” de uma reeestruturação segura, como já ocorria no Flamengo há 3 anos. Extremamente agressivos, debochados e maldosos, principalmente CEP e Eurico, todos recusaram o convite, dizendo coisas do tipo “Quem é Bandeira de Mello pra querer nos ensinar alguma coisa?”. Maldosamente, ainda colocaram em dúvida o processo de reestruturação do Flamengo, falando em “Lava-Jato”, “fraudes no BNDES”, possíveis crimes fiscais, lavagem de dinheiro, associação com as FARCs e a máfia russa, tráfico de drogas e outros absurdos. Discretíssimo e educado, Bandeira não tocou mais no assunto, continuou o processo de reestruturação no Flamengo com a consciência tranquila de quem, ao menos, tentou. O que se vê hj, 5 anos depois desse episódio, é o resultado da arrogância e da suprema incompetência dos rivais. O Flamengo não tem que ajudar mais ninguém. Quis, um dia, mostrar como fez e compartilhar conhecimento. Se os rivais tivessem tido a necessária humildade, teriam parado para ouvir. Mas não quiseram. Então, que se explodam, pra não dizer coisas mais radicais. O dinheiro do Flamengo É DO FLAMENGO. Até porque alguém, em sã consciência, uma vez com o dinheiro do Flamengo nas mãos, acha que eles pagariam a dívida ao Flamengo? Nada de ajuda. Tiveram sua chance. Que se explodam.

  • Nunca sempre fizeram piadas com nossas dúvidas estádio acidente no ninho campeonatos de 87

  • Nunca sempre foram contra nosso clube fazendo piadas com estadio campeonato de 1987 vencido contras os grandes da série a acidente no ninho e nossas dúvidas etc

  • Fala com o seu chefe aí no Grupo Disney, sugere ajuda a Rede Globo já que estão com dificuldades financeiras. Ajuda eles para o bem da Disney.

  • João Antonio Salvador Ferraz Correia de Araújo em 17:18

    Flamengo não tem que ajudar financeiramente nenhum clube, tampouco aqueles que possuem maior rivalidade com o mesmo! Quando o Flamengo estava na pindaíba financeiramente, algum clube se dispôs a ajudar? Muito pelo contrário, ficaram rindo e sambando da nossa cara! Ajudar os outros clubes é o car%$#@!

  • Kkkkk… Só rindo mesmo. Esses jornalistas esportivos são uma piada

  • Flamengo está ajudando!
    -Mostrou pra eles como se faz gestão
    -Deu exemplo de que para alcançar algo maior, tem que ter estrutura, alicerce
    -mostrou investimento pesado na base
    -cortou custos, pagou dividas, fez caixa, negociou contratos, saiu das mãos de empresários
    -mesmo com dinheiro em caixa não fez loucuras e foi procurando montar um elenco viável, ano a ano;
    2019 colheu os resultados e acredito que com correções de rota, continuará colhendo por longos anos.
    Se eu vi isso tudo, impossível os dirigentes profissionais dos clubes não verem! Tem que ter humildade pra abrir mão de correr atrás de títulos por alguns anos e se estruturar!!!

  • se for pra ajudar algué, que seja o america-rj o bangu, o madureira

  • Porque será ” para o bem do próprio clube”, se os outros timecos conseguissem sair do sufoco o campeonato carioca seria mais disputado? Esse cara é um IMBECIL

  • Deve ser piada.
    Se virem, igual o Flamengo fez.

  • Alguém pergunte a esse sujeito por que o fluminense não ajudou flamengo, vasco e botafogo na época da unimed?
    Ou pq os outros clubes não tentem se organizar também?

  • Quer financiamento? Passa lá no banco e fala com o gerente. Foi assim que o Flamengo viveu na década de 90, quando a dívida do Clube explodiu. Todos debochavam do Flamengo, como ainda o fazem pelo fato de não ter estádio. O Flamengo não é instituição financeira.

  • O Flamengo já ajuda, e muito, esses clubinhos. TODOS pegam carona na audiência do Flamengo e no público que o Flamengo leva para os estádios. Ainda assim, reclamam das cotas do Flamengo, querendo ganhar a mesma coisa,

  • Esse foi talvez a pior matéria que eu li sobre o Flamengo.. não sei como a coluna ainda publica isso.. qdo o Flamengo estava em uma situação financeira ruim, antes do Bandeira assumir eu não vi esse pseudô jornalista cogitar isso e outros clubes ajudarem…

  • Esse comentarista deve dá meia hora de cu com o relógio parado. Flamengo tem e que pisar na cabeça dessas desgraças, Vasco, fluminense, botafogo não são rivais nossos, são nossos inimigos.

  • Esse comentarista deve dá meia hora de cu com o relógio parado. Flamengo tem e que pisar na cabeça dessas desgraças, Vasco, fluminense, botafogo não são rivais nossos, são nossos inimigos.

  • O Flamengo já ajuda muito os outros clubes. Eduardo Bandeira ensinou todos, mostrando como executar um modelo de gastos realista, a sanear as despesas, a entrar num processo em que se gasta menos do que se ganha. Mas esses ensinamentos ninguém quer seguir. Querem contratar o Honda, o Kalou, e não pagar ninguém. Querem vender o Pedro e torrar todo o dinheiro no Ganso, enquanto o resto do elenco fica com salários atrasados.
    São esses times que querem que a gente ajude? Isso não é nem uma piada; é uma ofensa, mesmo.
    O Flamengo vai continuar ajudando os outros clubes como sempre fez: enchendo os estádios deles quando forem jogar com a gente, dando audiência quando tiver clássico. Nós já estivemos no fundo do poço na época de Unimed e não lembro de nenhum “jornalista” vir com essas ideias maravilhosas.