Dirigente do Flamengo detona STJD e justifica ausência de Gerson em audiência: “Caso é de polícia”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na manhã desta quarta-feira (03), o caso Gerson ganhou um capítulo inesperado. Além do camisa 8, Natan e Bruno Henrique não compareceram à sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, e o inquérito prosseguiu sem o depoimento dos jogadores do Flamengo. Em entrevista ao portal UOL, Rodrigo Dunshee, vice-presidente jurídico do clube, criticou a conduta do STJD e destacou que o caso é assunto para a polícia.

– Se o relator não quer adiar, o problema é dele. Ele acha que o processo é mais importante que o Brasileiro. No âmbito esportivo, poderia haver uma punição aqui ou ali, mas isso não repara o racismo. O Bahia não é nosso inimigo, ele (Ramírez) vai responder no âmbito criminal. A questão é de polícia.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Segundo Dunshee, o Flamengo solicitou a remarcação do clássico contra o Vasco, desta quinta-feira (04), para que os jogadores envolvidos no caso pudessem comparecer ao tribunal. Porém, com o pedido negado, o clube manteve os atletas concentrados para a partida.

Após ouvir os árbitros e auxiliares, o delegado à frente do caso já encaminhou o fechamento do inquérito sem o depoimento de Gerson. O téncico Mano Menezes e o jogador Índio Ramírez, do Bahia, ainda prestarão esclarecimentos nesta quarta-feira (03).

Vale lembrar que o caso pode ser enquadrado no Artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva: praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência. Caso Indío Ramirez seja condenado, a pena pode variar entre suspensão de cinco a dez partidas, além de multa nos valores entre R$ 100 a R$ 100 mil.

À disposição de Rogério Ceni, Gerson deve ser titular no jogo contra o Vasco. A partida será disputada às 21h (horário de Brasília), no Maracanã. Para o duelo, o Coluna do Fla traz, como de costume, a transmissão mais rubro-negra da internet, com a voz de Rafa Penido e comentários de Tulio Rodrigues.

Veja também