“Nós nunca prometemos campeonato”, afirma Abel Braga após derrota para o Sport

FOTO: RICARDO DUARTE/INTERNACIONAL

A noite desta quarta-feira (10), não foi nada empolgante para o Internacional e sua torcida. Isso porque, o atual líder do Campeonato Brasileiro perdeu para o Sport por 2×1, jogando em casa, e desperdiçou a oportunidade de abrir vantagem na tabela de classificação, deixando a briga pelo título o torneio totalmente em aberto.

Em entrevista coletiva ao final da partida, o técnico Abel Braga avaliou o resultado negativo e afirmou ‘nunca ter prometido o título’ da competição nacional.

Nós nunca garantimos ou prometemos campeonato. Mas não esqueça, e eu falei para meus jogadores não esquecerem, que nós ainda somos líderes. O Internacional só depende de si. Não depende de mais ninguém -, disse o treinador.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Com a derrota para o Sport, o Internacional estacionou nos 66 pontos e se manteve na liderança do Brasileirão. Todavia, tem apenas um ponto de vantagem para o Flamengo, com 65 e a mesma quantidade de jogos. Com os resultados das partidas válidas pela 35ª rodada, cariocas e gaúchos dependem apenas de si para serem campeões brasileiros e acirram a luta pelo troféu na reta final da competição.

Em busca do octacampeonato, o Mengão volta aos gramados no domingo (14), às 16h (horário de Brasília), para enfrentar o Corinthians. O duelo será disputado no Maracanã e apenas a vitória interessa para o Flamengo, que luta pela manutenção do título. O Internacional, por sua vez, entra em campo no mesmo dia e horário, para enfrentar o Vasco, que está na próximo da ‘zona da degola’ do campeonato.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Abel e suas parábolas.
    Perder para o Sport Recife é normal…

  • Pode colocar o Abel Braga em um tubo.
    Vaselina
    Marca: Braga lindo

  • O aperfeiçoamento do:

    Foi lindo!

  • “Nós nunca garantimos ou prometemos campeonato”
    Braga – Abel

    “Não se pode falar de outra maneira neste clube: é ganhar, ganhar, ganhar”
    Mistrer – JJ

    Eis a grande diferença.